Faithlife Sermons

Aproveitando a Vida em tempos difíceis

Salmos Avulsos  •  Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 3 views
Notes
Transcript

Introdução e Elucidação

Quantos anos viveu Matusalém?
Quase mil anos....
Aos olhos de Deus - como o dia de ontem
Lembremos um pouco da história de Judá:
O Reino estabelecido com as vitórias de Davi contra os muitos inimigos (Livro I)
Esse Reino Inicia sua comunicação com as nacões ao redor: deveriam ser luz para os gentios (Livro II)
Se perdem nas trevas, aproveitando a vida como as nações ao redor faziam, e o resultado é um reino falido (Livro 3)
Não há mais reino, não há mais ungido no trono, não há mais terra
O Reino do Senhor e do seu Ungido permanecem
Oração de Moisés
O Senhor é a morada do seu povo - desde a eternidade
Tema: Aproveitando a Vida em Tempos difíceis

1. Deleitando-se na Eternidade de Deus

Apesar de toda destruição e tribulação que o povo enfrentava
Apesar do Exílio
Apesar do aparente fracasso
O Senhor permance reinando
Ele é nosso refúgio
De geração a geração
Antes da criação
Desde a eternidade
Antes mesmo que houvesse povo
Ainda que o povo tivesse tentado ao Senhor e vivido endurecido, caminhando em círculos por 40 anos no deserto, o Senhor foi escudo, proteção, refúgio para o seu povo.
Os fez entrar na terra, e os susteria no exílio, não pelas obras do povo, mas por sua fidelidade.
Ao povo cabia deleitar-se no Senhor
Satisfazer-se daquele que em todo o tempo os sustentou
Aquele que é nossa habitação
A Alegria das nações
Deleitar-se simplesmente em quem Deus é.
Qualquer lugar é lugar de Deus quando nosso coração está no reino dos céus!
Qualquer circunstância é deleitosa, pelo simples fato que Deus é nosso efúgio eternamente
HNC 102

2. Deleitando-se na Misericórdia de Deus (vv. 3-10)

Trasitoriedade do homem
Os dias de vida do homem que mais viveu são como um dia para o Senhor
Breve vida - quanto tempo perdemos em nossos pecados, quão pouco realizamos ao agrado de Deus
Mesmo cientes de que Deus em sua ira pode dar cabo de nossas vidas, como um sopro.
Como a relva
Pecados ocultos sob a luz da onisciência divina - Sl 139 - As trevas e a luz são iguais para Ti!
Quem pode resistir à Ira do Senhor!
Por que estamos aqui?
Pela misericórdia do Senhor!
É sinal que a sua ira ainda não se abateu sobre nós.
Sua ira caiu sobre Cristo - para que Sua misericórdia reposasse sobre nós

3. Deleitar-se na sabedoria de Deus (vv. 12, 13)

Alcançar sabedoria
Alcançar - o mesmo verbo “trazer” de Gn 4.3;
Apresentar um coração sábio ao Senhor
Como alcançamos coração sábio?
Onde está a sabedoria?
Culto Racional
Tão importante quanto nossa integridade no quarto escuro é a oferta que apresentamos a Deus no culto público. Ela demonstra se verdadeiramente aprendemos a contar nossos dias, ou seja, desfrutá-los sabia e espiritualmente a fim de apresentar a Deus o nosso coração - o nosso ser.
Volta-te: Arrependa-se Êx 33;
O Senhor por sua graça recebe a oferta de pecadores como nós, por meio da oferta perfeita de Cristo
Deus aceitou a intercessão de Moisés, porque antes da fundação do mundo, Cristo intercedeu pelo povo do pacto
Resultados: quando nos deleitamos de tal modo em Deus, ele nos alegra pelos mesmos dias em que somos afligidos - Muito mais - eternidade
A glória de Cristo nos será revelada
Confirma a obra de nossas mãos - todo empreendimento humano só encontra sucesso na bondade divina
Real sucesso humano: desfrutar da presença e comunhão de Cristo nos céus

Aplicação e Conclusão

Você se alegra em Deus simplesmente por quem Ele é?
Você descansa na fidelidade, soberania e benignidade de Deus?
Somos capazes de contemplar o estado terrível em que estávamos, e a horrenda condenação que somos dignos enquanto nos alegramos no fato que Deus usou de misericórdia para conosco?
Nos alegramos em oferecer um Culto racional, vivo, santo e agradável a Deus?
Nenhum outro deleite é superior às dádivas da eterna fidelidade do Senhor, sua misericórdia, e seu aproximar-se de nós no culto que Ele prescreve.
Que os nossos corações possam contemplar a nossa existência nessa perspectiva, e assim, ainda que em tempos difíceis, possamos aproveitar a breve vida que temos, deleitando-se em Deus, na sua misericórdia e na sua sabedoria.
Related Media
Related Sermons