Faithlife Sermons

A Solução Para Ser Feliz na Família

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 2 views
Notes
Transcript
Handout
Sermon Tone Analysis
A
D
F
J
S
Emotion
A
C
T
Language
O
C
E
A
E
Social
View more →
1 Peter 3:10 NTLH
10 Como dizem as Escrituras Sagradas: “Quem quiser gozar a vida e ter dias felizes não fale coisas más e não conte mentiras.
1Pt 3.10
INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO
Pessoas que nasceram num lar cristão e foram educadas dentro da palavra de Deus e tiveram o privilégio de crescer numa família equilibrada, nem de longe sonham como é viver num lar desajustado onde provocações e intrigas são sempre o prato do dia. Infelizmente, pessoas que vieram de lares desajustados, geralmente, formam também famílias desajustadas, e isso é muito triste!
Existem hoje em dia, pessoas milionárias, que dariam toda a sua fortuna para conhecer a fórmula do tema do nosso estudo hoje A Solução Para Ser Feliz. A infelicidade tem solução e infelizmente muita gente, mesmo dentro da Igreja, já não mais crê nessa verdade.
Vamos tentar analisar e explicar porque as pessoas já não creem que podem ser felizes no matrimônio e na família como um todo e, em seguida mostrar que o inimigo das nossas almas, que é mentiroso e enganador, tem convencido muitas famílias dessa inverdade e enganado a muitos, mostrando apenas a realidade dele, diabo, que é de destruição e, na maioria das vezes, começando pela família, e na família, começando pelo matrimônio.
O diabo vende o seu produto com muita habilidade e procura desmerecer e esconder o trabalho de Deus na família, mostrando somente número de divórcios e de famílias infelizes. Existe muita gente feliz no matrimônio e no lar, com um relacionamento abençoado entre esposo e esposa, entre pais e filhos e entre irmãos também. Como é que se consegue isso, é o que vamos tratar nas páginas a seguir, de maneira simples e direta, mostrando que ser feliz de verdade está muito mais perto do que a maioria das pessoas pode imaginar. Há algum tempo, Deus tem despertado o coração de pastores e ministérios para atentarem com mais cuidado para a famílias da Igreja por causa da grande devastação que o inimigo tem provocado através de muitos fatores, alguns dos quais, vamos também abordar aqui. Atentos, então a essa realidade, as igrejas têm promovidos palestras, estudos bíblicos, seminários, congressos e encontros de casais, onde os casais, na verdade, muitas vezes, se reencontram consigo mesmos e com o Senhor Jesus, a quem eles, há muito abandonado no casamento, na família e no lar.
Há algum tempo, Deus tem despertado o coração de pastores e ministérios para atentarem com mais cuidado para a famílias da Igreja por causa da grande devastação que o inimigo tem provocado através de muitos fatores, alguns dos quais, vamos também abordar aqui. Atentos, então a essa realidade, as igrejas têm promovidos palestras, estudos bíblicos, seminários, congressos e encontros de casais, onde os casais, na verdade, muitas vezes, se reencontram consigo mesmos e com o Senhor Jesus, a quem eles, há muito abandonado no casamento, na família e no lar.
Você e eu, temos o privilégio de aprender sobre o assunto, de mergulharmos um pouquinho mais fundo nele e, então, ensinarmos à Igreja do Senhor Jesus a perspectiva correta, a verdade da Palavra de Deus, que o Senhor Jesus também verteu o Seu Sangue na cruz do Calvário para que, não somente a nossa alma, mas as nossas famílias sejam verdadeiramente felizes. Na verdade, eu nem creio que uma alma possa ser feliz, com uma família infeliz.
Por favor pastor, convoque o povo de Deus para receber essa palavra, traga o povo com uma expectativa de aprender a ser feliz no lar e não tenha medo de que não vai acontecer, porque o Espírito Santo de Deus vai usar poderosamente a sua vida para promover a benção e o milagre da felicidade na família.

1 - ONDE COMEÇA O PROBLEMA?

Você não precisa ser casado por muito tempo para descobrir que os relacionamentos são difíceis e os problemas inevitáveis. Você experimentará desentendimentos que às vezes o forçarão a reconhecer que a pessoa com quem você se casou parece ter desaparecido - e foi substituída por alguém que é mal-humorado e exigente ou alguém que desaparece sempre que há conflito. A maioria dos casamentos começam da mesma forma, experimentando um namoro romântico e apreciando muito a oportunidade estarem juntos. Riem, brincam e oram juntos também.
A maioria dos casamentos começam da mesma forma, experimentando um namoro romântico e apreciando muito a oportunidade estarem juntos. Riem, brincam e oram juntos também.
Durante o período do noivado, os que buscam a Deus têm a clara sensação da bênção de Deus em seu relacionamento. Alguns, querendo estabelecer uma base sólida não dispensam e até mesmo buscam um aconselhamento pré-marital.
Proverbs 19:14 NTLH
14 Um homem pode herdar dos seus pais casa e dinheiro, mas só Deus pode dar uma esposa sensata.
Pr 19.14 A casa e os bens são herança dos pais; porém do Senhor vem a esposa prudente.
Mas depois do casamento, as surpresas começam a chegar. Alguns casam e logo começam a aparecer os filhos. E quando se dão conta, a esposa já é mãe de dois filhos em tempo integral e o esposo, às vezes trabalhando e estudando.
A casa e os bens são herança dos pais; porém do Senhor vem a esposa prudente.
Mas depois do casamento, as surpresas começam a chegar. Alguns casam e logo começam a aparecer os filhos. E quando se dão conta, a esposa já é mãe de dois filhos em tempo integral e o esposo, às vezes trabalhando e estudando.
Psalm 127:3 NTLH
3 Os filhos são um presente do Senhor; eles são uma verdadeira bênção.
Sm 127.3 Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.
Eles queriam uma família, mas as pressões eram maiores do que as que eles esperavam. As finanças começam a ficar apertadas. As pequenas enfermidades normais da infância, combinados com escola, trabalho e a igreja, significam menos sono e pouco tempo um para o outro. Na maioria das noites eles vão para cama cansados e esgotados.
Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.
Eles queriam uma família, mas as pressões eram maiores do que as que eles esperavam. As finanças começam a ficar apertadas. As pequenas enfermidades normais da infância, combinados com escola, trabalho e a igreja, significam menos sono e pouco tempo um para o outro. Na maioria das noites eles vão para caem na cama cansados e esgotados.
A maioria dos casais, espera que a paternidade seja uma época de grande alegria, mas geralmente, não percebem que é também bastante desafiador. Muitas vezes a chegada dos filhos não significa que o casamento vai entrar em crise, mas muda dramaticamente a dinâmica da vida dos dois, marido e mulher. Muitas vezes isso significa que eles começam a se tornar solteiros casados.
Parece que tem dia que o casal acorda mais conscientes das fraquezas um do outro do que das forças. Mais consciente do que o outro fez errado do que certo. E mais negativo e crítico um com o outro, com os filhos, com os amigos e até mesmo com Deus. A isso chamamos levantar com o pé esquerdo.
Ninguém gosta de lidar com problemas relacionais porque eles nos fazem sentir desconfortáveis e vulneráveis, entram nas nossas inseguranças e, muitas vezes, trazem lembranças dolorosas da infância. Então, nos distraímos, negamos e ignoramos os problemas - fingindo que tudo está bem. O que a maioria dos casais não sabe é que sempre que você enterra um problema, ele é enterrado vivo, e em algum momento, ele volta e maior, mais forte e ainda mais ameaçador; é como plantar uma semente.
Se você já está casado(a) a mais de dez ou vinte anos, e pode olhar para trás e ver todas a dificuldades do início do casamento, não pense que vocês foram uma exceção, a maioria dos casais experimenta um momento em que é fácil se tornar focado no problema, se concentrar só nos desafios. Pequenas irritações e pequenas frustrações que foram encobertas pelo amor romântico são subitamente ampliadas, é o que você enterrou voltando mais forte.
Quando você combina tudo isso com os desafios de construir uma família, com subir a escada vocacional, ou seja, crescer profissionalmente, e estar envolvido na igreja, isso pode se tornar esmagador, pode ser uma carga muito pesada. Muitos casais se divorciam porque ficam presos na rotina do problema e não conseguem enxergar nenhuma saída.
Depois de anos de luta, o casal, eventualmente percebe que o que está fazendo não está funcionando.
É aí que ser crente na pessoa gloriosa do Senhor Jesus Cristo faz toda a diferença. Agora é hora de muita oração e muitas longas conversas entre si e com irmãos idôneos e de confiança, para simplesmente descobrir que desenvolveram um casamento focado no problema. O casal não percebe que a solução estava tão e que ambos apenas precisavam gastar menos tempo remoendo os problemas e mais tempo pensando e falando sobre soluções.

2 -TRABALHANDO NAS SOLUÇÕES

2.1 - Aspectos e Sintomas

Antes de falar da solução dos problemas, gostaria de analisar um pouco alguns aspectos preliminares e alguns sintomas de problemas no casamento que de propósito, abordamos muito levemente no tópico anterior.
Nossos líderes não fazem vc tomar um remédio que eles mesmos não tomaram!
Me permita mencionar que nosso casamento, a Mabel e eu, eu considero um pouco atípico porque parte das dificuldades aqui apresentadas e como lidar com elas, o Senhor nos permitiu aprender, um pouco antes do casamento e outras bem no comecinho do nosso matrimônio. Portanto, alguns diagnósticos são baseados em mais de trinta e cinco anos de ministério aconselhando famílias, mas a medicina para curar o mal, foi remédio que nós também tomamos, bem cedo na vida a dois.
Eu tive o privilégio de nascer na casa de um pastor, e crescer vendo meu pai tratar de problemas de casais. Confesso que algumas vezes eu me escandalizei com alguns problemas de famílias e houve um tempo, na minha adolescência que eu não tinha certeza se queria casar, se eu quereria aqueles problemas para a minha vida. A querida irmã Lola, sogra do meu irmão, mulher de Deus, conselheira e amiga, me ajudou muito nessa fase da minha vida e me ajudou a encontrar a direção certa que eu tanto precisava.
O que eu quero dizer em primeiro lugar, é que não é suficiente você ser crente, amar a Deus e ter uma formação cristã, não é suficiente aprender as histórias dos personagens bíblicos e decorar alguns Salmos, para você ser feliz no casamento. Não assuma que seus filhos serão felizes quando se casarem, simplesmente porque os traz para a Igreja no culto de domingo – casamento é profundo e específico e nós temos que preparar essa geração porque ela está sendo mais atacada no matrimônio e na família do que a nossa foi. Ensine seus filhos que casamento é coisa santa e lida diretamente com Deus, mesmo antes de eles começarem a namorar. Quem criou o casamento foi Deus e ele está em todas as fases dele, desde o flerte até a intimidade – Deus está sempre presente! Por isso é que o casamento foi desenhado para fazer as pessoas felizes e, por isso mesmo, é também, tão atacado pelo nosso inimigo, o diabo.

2.2 - Sintomas do começo da fase adulta do matrimônio

2.2 - Sintomas do começo da fase adulta do matrimônio

Quando você percebe, logo no início do matrimônio, que a pessoa com quem você se casou, parece que desapareceu, é porque a lua de mel acabou! Agora é hora de ser pessoas maduras e perceber que ainda que vocês se amam muito, vocês nasceram em lares diferentes e foram criados de maneira diferente e têm personalidades diferentes, portanto, enxergam muitos aspectos da vida de maneira diferente. É hora de ser pessoa adulta e madura e entender que precisa haver ajustes, cada um de vocês precisa se esforçar para entender o paradigma do outro, entender como é que a outra pessoa vê as coisas e as circunstâncias da vida. Esse exercício vai durar a vida toda, porque por mais que você conheça o seu cônjuge, você nunca vai saber tudo a respeito dele.
O esgotamento físico e emocional é consequência de muita atividade e pouca organização. O casal tem que entender, perceber e vigiar, porque grandes problemas no casamento estão alicerçados em velhos pilares e pequenas intrigas e frustrações.
Quem é que não sabe que dinheiro sempre um dos pontos críticos nas desavenças matrimoniais? Ora, se todo mundo sabe, você não precisa cair nessa armadilha, se prepare com a sua esposa(o) para não permitir que isso atrapalhe o seu relacionamento.
Da mesma forma o cansaço, o estresse por causa da aflição de ver as crianças com febre ou qualquer outra enfermidade, a pressão do relógio e das obrigações – fique atento a esses sintomas! Porque muitas vezes, o que está acontecendo com a outra pessoa é apenas uma forma errada de responder a esses sintomas – só precisa um pequeno ajuste.

2.3 - Frustrações com a pessoa amada.

As pequenas frustrações vêm quando, lidando com os velhos pilares de desavenças, falamos o que não deveria ser falado ou agimos da maneira errada. Isso, às vezes, machuca e embora seja uma coisa pequena, é o que irrita e traz mágoa.
James 3:6 NTLH
6 A língua é um fogo. Ela é um mundo de maldade, ocupa o seu lugar no nosso corpo e espalha o mal em todo o nosso ser. Com o fogo que vem do próprio inferno, ela põe toda a nossa vida em chamas.
Tiag Assim também, a língua é um fogo; é um mundo de iniquidade. Colocada entre os membros do nosso corpo, contamina a pessoa por inteiro, incendeia todo o curso de sua vida, sendo ela mesma incendiada pelo inferno.
Você já percebeu que muitas vezes, não são os grandes problemas que nos levam a pecar e sim as pequenas irritações do dia a dia? Preste atenção; quando temos grandes problemas corremos para os pés do Senhor Jesus, mas uma pequena palavra em casa lhe deixa numa irritação tão grande que você diz o que não devia e faz o que não precisava fazer.
Você já percebeu que muitas vezes, não são os grandes problemas que nos levam a pecar e sim as pequenas irritações do dia a dia? Preste atenção; quando temos grandes problemas corremos para os pés do Senhor Jesus, mas uma pequena palavra em casa lhe deixa numa irritação tão grande que você diz o que não devia e faz o que não precisava fazer.

2.4 - Felicidade não é de graça!

A felicidade não é grátis, ela tem um preço que algumas vezes é alto, mas na maioria das vezes é muito bom de pagar. Estabeleça valores sobre o alicerce dos princípios da palavra de Deus. Quando as pressões começam a aparecer você tem que perceber que é hora de crescer relacional e espiritualmente. Você vai aprender daí para frente, como amar uma pessoa, e não somente uma pessoa, mas a pessoa que você mais ama no mundo, depois do Senhor Jesus. Amar aceitando as diferenças e aceitando trabalhar nos ajustes necessários para serem felizes de verdade. Essa consciência é imprescindível se você quer ser feliz no casamento – se esforçar de verdade para amar, entender e aceitar o que você não pode mudar.
Estabeleça valores sobre o alicerce dos princípios da palavra de Deus.
Colossians 3:19 NTLH
19 Marido, ame a sua esposa e não seja grosseiro com ela.
Quando as pressões começam a aparecer você tem que perceber que é hora de crescer relacional e espiritualmente.
Você vai aprender daí para frente, como amar uma pessoa, e não somente uma pessoa, mas a pessoa que você mais ama no mundo, depois do Senhor Jesus, aceitando as diferenças e aceitando trabalhar nos ajustes necessários para serem felizes de verdade. Essa consciência é imprescindível se você quer ser feliz no casamento – se esforçar de verdade para amar, entender e aceitar o que você não pode mudar.
Em primeiro lugar o crescimento relacional depende do conhecimento e do exercício da Palavra de Deus na sua vida. Lembre-se, Deus sempre está presente no casamento, na família, no lar. Ou seja, para ser feliz no casamento, a receita é a Bíblia!
Em primeiro lugar o crescimento relacional depende do conhecimento e do exercício da Palavra de Deus na sua vida. Lembre-se, Deus sempre está presente no casamento, na família, no lar. Ou seja, para ser feliz no casamento, a recita é a Bíblia!
Uma das fórmulas que o Senhor me ensinou desde o começo foi querer amar o meu cônjuge, de todo o meu coração. Amor é uma decisão do seu coração que, uma vez tomada, se traduz em sentimento e emoções, mas primeiro vem a decisão de amar.
Uma das coisas que o Senhor me ajudou a fazer foi deixar claro para a minha Mabel que, apesar das nossas diferenças, e põe diferença nisso, e de eventuais desentendimentos, uma coisa ela poderia estar certa, ela nunca iria se ver livre de mim, agora eu tinha grudado para o resto da vida.
Genesis 2:24 NTLH
24 É por isso que o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se tornam uma só pessoa.
Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. (Destaque nosso).
Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. (Destaque nosso).
Esse comportamento traz segurança à esposa e firmeza ao matrimônio. Há cônjuges, que ao contrário disso, vivem ameaçando ao outro de ir embora de casa, de se divorciar, etc. nada pode fragilizar mais o alicerce do casamento que alguém viver ameaçando a outra pessoa de um dia a deixar. Mesmo que a pessoa não creia naquela afirmação, o subconsciente dela começa a buscar solução e resposta para as circunstâncias da vida quando a outra pessoa não estiver mais. A ideia vai se solidificando e daqui a pouco, é a outra pessoa que acha que já não mais precisa do outro cônjuge.
Casamento é lugar de segurança, de refúgio, de proteção e não de insegurança, e isso não é de graça! Você tem que semear, estabelecer esses alicerces para que a sua construção seja sólida.
Você tem que semear, estabelecer esses alicerces para que a sua construção seja sólida.
A primeira regra a obedecer é a do respeito. Quando os desconfortos começam a ser constantes, as palavras começam a ser mais pesadas, mais ríspidas e as respostas veem ainda pior – aí está o começo da falência do princípio do respeito. O apóstolo Paulo escreveu aos Colossenses ensinando-os a não se irritarem com a sua esposa. ...e não vos irriteis contra elas.
O apóstolo Paulo escreveu aos Colossenses ensinando-os a não se irritarem com a sua esposa.
Colossenses 3:19 ...e não vos irriteis contra elas.
Para ser feliz no matrimônio é necessário estabelecer alguns valores ou regras, como começamos a ver, mas esses valores não vão ser aplicados automaticamente, eles precisam que você os observe e pratique, ou seja, ser feliz não é automático é um processo e um processo intencional, você sabe o que está fazendo e faz com o propósito de ser feliz e construir pessoas felizes ao seu redor.
Outra regra, ou valor, é nunca perder o carinho e a gentileza dos tempos de namoro. Eu aprendi, percebendo, observado, que se eu trato bem as pessoas ao meu redor e muitas vezes até estranhos, mesmo quando eu não estou bem ou de bom humor, quando eu tenho até que me esforçar para fazer isso, porque não me esforçar mais ainda para tratar MUITO bem a pessoa que eu mais amo? Intencionalmente eu procuro ser muito gentil e amoroso com a minha família, especialmente com a minha esposa. Eu respeito muito meu cônjuge pelo comprometimento com o Senhor Jesus, pelo caráter de mulher/homem de Deus e por ser uma esposa submissa, o quer dizer que quando nós conversamos sobre algum assunto, ela sempre reconhece que a decisão final é minha. Isso é admirável e uma benção que me ajuda muito na família e no ministério.
Eu aprendi, percebendo, observado, que se eu trato bem as pessoas ao meu redor e muitas vezes até estranhos, mesmo quando eu não estou bem ou de bom humor, quando eu tenho até que me esforçar para fazer isso, porque não me esforçar mais ainda para tratar MUITO bem a pessoa que eu mais amo? Intencionalmente eu procuro ser muito gentil e amoroso com a minha família, especialmente com a minha esposa. Ela é uma pessoa que eu respeito muito pelo comprometimento dela com o Senhor Jesus, pelo caráter de mulher de Deus e por ser uma esposa submissa, o quer dizer que quando nós conversamos sobre algum assunto, ela sempre reconhece que a decisão final é minha. Isso é admirável e uma benção que me ajuda muito na família e no ministério.
Portanto, respeito e carinho, apenas para começar. Mas a maior de todas as regras é o amor. Vós, maridos, amai a vossas mulheres! Se nós estamos falando em trabalhar a nossa própria felicidade e a da pessoa que amamos e dos nossos filhos, temos que observar que o amor genuíno é princípio, é valor, é regra, é estratégia, é tudo, a começar do cônjuge. O amor é intencional, é uma decisão do nosso coração, nós escolhemos a quem queremos amar e, portanto, deve ser o foco, o objeto maior do nosso matrimônio e da nossa família.
Mas a maior de todas as regras é o amor.
Vós, maridos, amai a vossas mulheres!
Se nós estamos falando em trabalhar a nossa própria felicidade e a da pessoa que amamos e dos nossos filhos, temos que observar que o amor genuíno é princípio, é valor, é regra, é estratégia, é tudo, a começar do cônjuge. O amor é intencional, é uma decisão do nosso coração, nós escolhemos a quem queremos amar e, portanto, deve ser o foco, o objeto maior do nosso matrimônio e da nossa família.
A Bíblia ensina que o marido deve amar a sua esposa e a esposa lhe retribui:
Psalm 128:3 NTLH
3 Em casa, a sua mulher será como uma parreira que dá muita uva; e, em volta da mesa, os seus filhos serão como oliveiras novas.
Salmos 128:3 A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa;
A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa;
A videira produz uvas, as uvas brotam em cachos e não apenas uma uva. Assim é o amor da esposa, quando o esposo semeia, ela dá fruto em retorno, mas fruto em abundância. Assim começa uma Família Feliz. De novo, esse é um processo que nem sempre fácil, mas afinal é sempre agradável. Pode existir algo mais agradável que trabalhar intencionalmente para ver o cônjuge feliz? Para ver os filhos felizes? Esse processo não exige que a pessoa seja recém-casada, ele funciona a qualquer tempo. Não importa quantos anos a pessoa tenha de casada. Se esforce nele, vale muito à pena.
A videira produz uvas, as uvas brotam em cachos e não apenas uma uva. Assim é o amor da esposa, quando o esposo semeia, ela dá fruto em retorno, mas fruto em abundância. Assim começa uma Família Feliz.
De novo, esse é um processo que nem sempre fácil, mas afinal é sempre agradável. Pode existir algo mais agradável que trabalhar intencionalmente para ver a esposa feliz? Para ver os filhos felizes? Esse processo não exige que a pessoa seja recém-casada, ele funciona a qualquer tempo, não importa quantos anos a pessoa tenha de casada. Se esforce nele, vale muito à pena.

2.5 - Concentre-se na solução do problema.

Está provado que uma das razões que as pessoas não conseguem resolver muitos problemas na vida é porque elas se concentram mais no problema que na solução. Na verdade, existe uma antiga pesquisa que mostrou que as pessoas concentram 80% do tempo ruminando o problema e apenas 20% do tempo buscando uma solução para o problema.
O nosso cérebro trabalha por associação, quando você encaminha um pensamento, você dá uma ordem ao cérebro, então o cérebro sai buscando nos arquivos da memória tudo o que tem a ver com a ordem dada, o pensamento encaminhado. Por isso que às vezes, não conseguimos lembrar de alguma coisa que estava bem fácil na memória – quando falamos eu não consigo lembrar o nome daquela pessoa, ou então, eu esqueci completamente o nome daquela pessoa. Então a ordem é não lembrar porque você disse que esqueceu completamente! Enquanto, quando você diz, vou lembrar já, já, a ordem é para lembrar, então o cérebro começa a procurar até achar. Às vezes ele só acha depois, mas sempre acaba achando quando você dá a ordem certa.
Quando você se concentra na solução do problema, você deve perguntar à sua mente, como é que eu vou conseguir sair dessa circunstância fazendo a vontade de Deus e agradando o coração da pessoa que eu amo? O seu cérebro vai procurar uma solução e você então, está muito mais perto da solução agora que antes. Isso não é o poder do pensamento positivo, mas uma constatação lógica da ciência, é o processo de associação da nossa mente.
1 Corinthians 13:11 RA
11 Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino.
1 Coríntios 13:11 Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
1Coríntios 13:11 Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Quando ambos, marido e mulher, resolvem se concentrar na solução do problema, a capacidade de restaurar a harmonia cresce exponencialmente. Concentre seu pensamento no que Deus pode fazer invés do que você não pode fazer.
Quando ambos, marido e mulher, resolvem se concentrar na solução do problema, a capacidade de restaurar a harmonia cresce exponencialmente. Concentre seu pensamento no que Deus pode fazer invés do que você não pode fazer.
Philippians 4:8 RA
8 Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.
Filipenses 4.8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.
O processo de resolução de problemas juntos, traz esperança, energia e capacidade de nos tornarmos mais otimistas. Surpreendentemente, o simples ato de procurar soluções faz com que o tamanho e o número de nossos problemas percebidos diminuam. Mas conquanto o estágio focado na solução é uma melhoria, até mesmo ele tem algumas limitações. Às vezes o casal está resolvendo mais problemas e discutindo menos, mas não está experimentando a profundidade e a intensidade do amor que Deus projetou para o casamento.
O processo de resolução de problemas juntos, traz esperança, energia e capacidade de nos tornarmos mais otimistas. Surpreendentemente, o simples ato de procurar soluções faz com que o tamanho e o número de nossos problemas percebidos diminuam. Mas conquanto o estágio focado na solução é uma melhoria, até mesmo ele tem algumas limitações. Às vezes o casal está resolvendo mais problemas e discutindo menos, mas não está experimentando a profundidade e a intensidade do amor que Deus projetou para o casamento.
No estágio focado na solução, é fácil encontrar uma solução e dizer: "Graças a Deus, isso ficou para trás de nós", e depois seguir em frente, fingindo que isso nunca aconteceu, mas fica com uma cratera no coração; isso é como fazer grandes buracos no alicerce do matrimônio.
Deus não quer que simplesmente "resolvamos" nossos problemas. Ele quer que "cresçamos" através deles. Jesus não morreu e ressuscitou para que pudéssemos ser meros sobreviventes. Nas palavras de , Jesus quer nos ajudar a "nos tornarmos mais que vencedores" e experimentar "uma vitória esmagadora" (NLT). Ele quer "imensuravelmente mais do que tudo o que pedimos ou imaginamos, de acordo com o seu poder que está em ação dentro de nós" (). Ele não nos quer apenas para sobreviver às dificuldades; ele quer que prosperemos no meio deles.
Romans 8:37 RA
37 Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.
Ephesians 3:20 RA
20 Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós,
Logo descobrimos que nem todos os problemas são solucionáveis. Um estudo do Instituto Gottman descobriu que apenas 31% das discordâncias contínuas de um casal são sobre questões resolvíveis. Os outros 69% são sobre "problemas perpétuos" irresolúveis - isto é, diferenças fundamentais em personalidades ou necessidades básicas. Todos os casais têm que lidar com problemas que nunca serão resolvidos. A mesma pesquisa nos diz que o que realmente importa não é resolver os problemas perpétuos, mas as maneiras como falamos sobre eles.
Os outros 69% são sobre "problemas perpétuos" irresolúveis - isto é, diferenças fundamentais em personalidades ou necessidades básicas. Todos os casais têm que lidar com problemas que nunca serão resolvidos. A mesma pesquisa nos diz que o que realmente importa não é resolver os problemas perpétuos, mas as maneiras como falamos sobre eles.
Nos primeiros 10 anos do casamento, compreendemos o valor do crescimento e oramos pelo crescimento – mas, geralmente, não estamos focados no crescimento. É muito importante os casais aprenderem a cultivar um casamento crescente, apaixonado, confiante e centrado em Cristo. Construir casamentos, em vez de apenas consertá-los, ajuda casais a fortalecerem seus matrimônios.
Mark 2:22 NTLH
22 Ninguém põe vinho novo em odres velhos. Se alguém fizer isso, os odres rebentam, o vinho se perde, e os odres ficam estragados. Por isso, o vinho novo é posto em odres novos.
É muito importante os casais aprenderem a cultivar um casamento crescente, apaixonado, confiante e centrado em Cristo. Construir casamentos, em vez de apenas consertá-los, ajuda casais a fortalecerem seus matrimônios.
Marcos 2:22 E ninguém deita vinho novo em odres velhos; doutra sorte, o vinho novo rompe os odres e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; o vinho novo deve ser deitado em odres novos.
Apenas ouvir uma mensagem ou ler este estudo não vai fazer com que o seu relacionamento melhore. Se você quiser que o seu casamento vá de bom para ótimo, você tem que dar o próximo passo. Tem que ir além da simples solução de problemas para conscientemente optar por olhar para os seus problemas e seu relacionamento de uma nova perspectiva. É aí que começamos a cultivar novos hábitos que nos levam ao estágio de casamento concentrado no crescimento.
Apenas ouvir uma mensagem ou ler este estudo não vai fazer com que o seu relacionamento melhore. Se você quiser que o seu casamento vá de bom para ótimo, você tem que dar o próximo passo. Tem que ir além da simples solução de problemas para conscientemente optar por olhar para os seus problemas e seu relacionamento de uma nova perspectiva. É aí que começamos a cultivar novos hábitos que nos levam ao estágio de casamento concentrado no crescimento.

3 - O QUE SIGNIFICA CASAMENTO FOCADO NO CRESCIMENTO ?

Aqui estão algumas características de um casamento focado no crescimento[iii]:
Casais identificam problemas, mas não se debruçam sobre eles. Eles identificam soluções, mas não apenas para seguir em frente. Eles olham para além da solução de como Deus pode usar esse processo para ensiná-los mais sobre ele e / ou sobre si mesmos, seus parceiros e seus casamentos. Eles entendem que os problemas são inevitáveis e o verdadeiro desafio é lidar com eles de tal maneira que honre a Deus e ao próximo enquanto ajuda o casal a crescer através dele.
Os casais levam a sério o apelo do apóstolo Paulo para "orar sem cessar" (). A oração diária consistente une os corações, harmoniza os casais com a direção do Espírito Santo, aumenta sua capacidade de ouvir e os ajuda a enxergar os problemas à luz do que eles podem aprender com eles e não apenas como eles podem passar por eles.
A oração diária consistente une os corações, harmoniza os casais com a direção do Espírito Santo, aumenta sua capacidade de ouvir e os ajuda a enxergar os problemas à luz do que eles podem aprender com eles e não apenas como eles podem passar por eles.
Cada parceiro assume a responsabilidade pelo que Deus quer fazer em sua vida. Sempre que há um "problema" (especialmente aquele em que eles têm certeza de que a outra pessoa é a culpada), eles procuram ativamente aplicar o
Psalm 139:23–24 RA
23 Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; 24 vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.
Salmo 139: 23-24 Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me e conhece os meus pensamentos. 24E vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.
Os casais passam mais tempo concentrando-se nos pontos fortes um do outro do que nas fraquezas. Procuram diligentemente maneiras de encorajar um ao outro. Eles tentam perceber quando estão sendo saudáveis - sendo pacientes, gentis, rápidos em perdoar, dando o benefício da dúvida, assumindo o melhor - dando um ao outro pelo menos um elogio por dia. Os casais realmente acreditam que “todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto.” ()
Os casais passam mais tempo concentrando-se nos pontos fortes um do outro do que nas fraquezas. Procuram diligentemente maneiras de encorajar um ao outro. Eles tentam perceber quando estão sendo saudáveis - sendo pacientes, gentis, rápidos em perdoar, dando o benefício da dúvida, assumindo o melhor - dando um ao outro pelo menos um elogio por dia.
Os casais realmente acreditam que “todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto.” ()
Bons casamentos não "acontecem" por acaso. Embora os casais não ignorem os problemas, eles optam por procurar além da solução do problema imediato, as maneiras pelas quais Deus pode ajudá-los a "tornarem-se semelhantes a seu Filho" ()
Romans 8:29 NTLH
29 Porque aqueles que já tinham sido escolhidos por Deus ele também separou a fim de se tornarem parecidos com o seu Filho. Ele fez isso para que o Filho fosse o primeiro entre muitos irmãos.
Os casais entendem que, como o ferro afia o ferro () um cônjuge afia o outro. Esponja não afia a esponja. É o ferro que afia o ferro. Quando se deparam com questões dolorosas ou desanimadoras, lembram um ao outro que o produto final (maior amor e intimidade mais profunda) vale o processo (lidar com os problemas).
Os casais escolhem assumir o melhor um para o outro. Por anos nós acreditamos e ensinamos a outros que "o amor é paciente, o amor é gentil ... não é egoísta, não é facilmente enfurecido, não guarda nenhum erro ... Ele sempre protege, sempre confia, sempre espera, sempre persevera "(,). Agora tentamos intencionalmente viver isso no dia a dia.
Agora tentamos intencionalmente viver isso no dia a dia.
Para ser feliz no matrimônio, é preciso determinação e muita energia. Ainda haverá problemas, ainda haverá discordância, ainda haverá momentos em que não gostamos um do outro. Esse é o mundo real. Mas ter problemas não significa que temos um casamento problemático. Cultivar um casamento focado no crescimento nos ajudou a ver os inevitáveis problemas e desafios não apenas como obstáculos à nossa sobrevivência, mas nas mãos de Deus, como oportunidades para uma maior satisfação.
Mas ter problemas não significa que temos um casamento problemático. Cultivar um casamento focado no crescimento nos ajudou a ver os inevitáveis problemas e desafios não apenas como obstáculos à nossa sobrevivência, mas nas mãos de Deus, como oportunidades para uma maior satisfação.

CONCLUSÃO

A história termina com um final feliz! Tenho tido o privilégio de aconselhar casais durante muitos anos e mostrar-lhes a importância do investimento pessoal e intencional na felicidade do seu matrimônio, e visto lares mudarem da água para o vinho, da apatia para a verdadeira felicidade. Jesus é a verdadeira felicidade.
A história termina com um final feliz! Tenho tido o privilégio de aconselhar casais durante muitos anos e mostrar-lhes a importância do investimento pessoal e intencional na felicidade do seu matrimônio, e visto lares mudarem da água para o vinho, da apatia para a verdadeira felicidade. Jesus é a verdadeira felicidade. Esse é o projeto de Deus para sua família, para você e para todos os aspectos da sua vida.
Tenho tido o privilégio de aconselhar casais durante muitos anos e mostrar-lhes a importância do investimento pessoal e intencional na felicidade do seu matrimônio, e visto lares mudarem da água para o vinho, da apatia para a verdadeira felicidade. Jesus é a verdadeira felicidade.
A história termina com um final feliz! Tenho tido o privilégio de aconselhar casais durante muitos anos e mostrar-lhes a importância do investimento pessoal e intencional na felicidade do seu matrimônio, e visto lares mudarem da água para o vinho, da apatia para a verdadeira felicidade. Jesus é a verdadeira felicidade.
A história termina com um final feliz! Tenho tido o privilégio de aconselhar casais durante muitos anos e mostrar-lhes a importância do investimento pessoal e intencional na felicidade do seu matrimônio, e visto lares mudarem da água para o vinho, da apatia para a verdadeira felicidade. Jesus é a verdadeira felicidade.
Esse é o projeto de Deus para sua família, para você e para todos os aspectos da sua vida.
[iii] The Complete Marriage Book: Collected Wisdom from Leading Marriage Experts, MI: Revshed in Stoop & ell Pub., 2002.
[i] Todas as citações bíblicas são da versão ACF – Almeida Corrigida Fiel. As exceções serão mencionadas.
[ii] Almeida, João Ferreira. NVI – Nova Versão Internacional
[iii] The Complete Marriage Book: Collected Wisdom from Leading Marriage Experts, MI: Revshed in Stoop & ell Pub., 2002.
Related Media
Related Sermons