Faithlife Sermons

A nossa ilusão

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 4 views
Notes & Transcripts

Tema: O que é a vida

I. O que é a vida

Já pensaste de quantas indagações fazes? Do modo de vida que levas e não está satisfeito com ela? Já pensaste do quanto o descontrole emocional tem afetado as pessoas?. É interessante perceber que a Europa é um dos continente mais rico, se não o mais rico, o mais imponente. Mas, sabe-se também, é o continente onde as pessoas estão mais tristes e depressivas, insatisfeitas com a vida que levam. Nesta simetria, em comparação com países denominado pobres, este número de distúrbio mental é mais baixo. Isso para dizer, a riqueza e os bens matérias, não trazem a verdadeira felicidade emocional.
Tiago 4.14 RC95
14 Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco e depois se desvanece.
Tiago 4.12 RC95
12 Há só um Legislador e um Juiz, que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?
Para entender a vida, temos que observar três lugares nesta terra. E esta observação as faço quando comparo aos nossos últimos dias aqui, entendo isso melhor quando visito um lar de idosos. Ao aproximar para o fim da vida aqui, não escape de:
1 Não escape do Hospital: As doenças não perdoam
2 Não escape da Prisão: Querer ter a liberdade mas as limitações as impedem
3 Não escape do Cemitério: O fim chega para todo nós
No leito de um hospital, é quando observamos que a vida tem o sentido mais belo para ser vivido. Sem saúde não temos alegria.
Na prisão observa-se que a liberdade tem um preço impagável. Cristo nos dá liberdade.
No cemitério percebe-se que a vida não tem valor que pensamos que ela tem, é passageira, ainda que damos o tudo que temos para viver. O valor demasiado que as vezes damos, entendemos que ela passa a fugir. Não podemos ter o controle. Precisamos entender que a terra que hoje pisamos, será a nossa moradia do amanhã e lá nosso corpo será desfeito em pó. Mas temos que entender que um dia temos que prestar contas à Deus. o pó volte à terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus, que o deu.” () NVI
)
Segundo à uma pesquisa da RTP1, Portugal é o segundo país da Europa com maior taxa de depressão. Estima-se que um terço das pessoas com perturbações mentais graves não esteja diagnostica ou curada.
Segunda a mesma fonte; A França é o país europeu com maior índice desta perturbação mental. Chamo a atenção, é um lugar que o evangelho não tem aceitação que deveria ter.
Fora da Europa também temos o gigante da economia mundial; Os Estados Unidos ficam à frente destes dois no índice de depressão e perturbações mentais. https://www.rtp.pt/noticias/pais/portugal-e-o-segundo-pais-da-europa-com-maior-taxa-de-depressao_v867043
https://www.rtp.pt/noticias/pais/portugal-e-o-segundo-pais-da-europa-com-maior-taxa-de-depressao_v867043
Se parar e pensar chegamos a conclusão, que o amor ao dinheiro não trás felicidade: “Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.” ()
1Timóteo 6.10 RC95
10 Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.

A vida como vapor;

A vida como vapor;

Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco e depois se desvanece.” ( )
Tiago 4.14 RC95
Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco e depois se desvanece.

A vida nos prazeres é apenas vaidade;

1 Disse eu no meu coração: Ora, vem, eu te provarei com a alegria; portanto, goza o prazer; mas eis que também isso era vaidade. 2 Do riso disse: Está doido; e da alegria: De que serve esta? 3 Busquei no meu coração como me daria ao vinho (regendo, porém, o meu coração com sabedoria) e como reteria a loucura, até ver o que seria melhor que os filhos dos homens fizessem debaixo do céu, durante o número dos dias de sua vida.” ()
Eclesiastes 2.1–3 RC95
1 Disse eu no meu coração: Ora, vem, eu te provarei com a alegria; portanto, goza o prazer; mas eis que também isso era vaidade. 2 Do riso disse: Está doido; e da alegria: De que serve esta? 3 Busquei no meu coração como me daria ao vinho (regendo, porém, o meu coração com sabedoria) e como reteria a loucura, até ver o que seria melhor que os filhos dos homens fizessem debaixo do céu, durante o número dos dias de sua vida.
Eclesiastes 2.1 RC95
Disse eu no meu coração: Ora, vem, eu te provarei com a alegria; portanto, goza o prazer; mas eis que também isso era vaidade.

II. Deve ser uma certeza inevitável.

Sabemos que todos nós um dia vamos morrer. Certo? Temos que ter em mente que este dia está à aproximar-se numa velocidade que não paramos para pensar o quão próximo está.

Para tudo há um tempo nesta terra;

há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou;” ()
Eclesiastes 3.2 RC95
tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou;

Tudo desvanece;

“Voz que diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda carne é erva, e toda a sua beleza, como as flores do campo.” ()
Isaías 40.6 RC95
Voz que diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda carne é erva, e toda a sua beleza, como as flores do campo.

Nem sempre queremos está preparados para esta realidade;

Em frases marcante de pessoas consideradas as mais importantes neste mundo, nas suas frases deixada antes de morrerem, chegamos a conclusão, para elas a morte também chega. Há escrito de uma das últimas frases da Rainha Isabel I da Inglaterra, no aproximar de sua morte e despedida deste mundo, ela proferiu esta frase

“Todo o meu reino, Senhor, por mais um minuto!” (1533 - 1603)

https://www.leme.pt/historia/palavras/isabeli.html

Todo o meu reino, Senhor, por mais um minuto!

Deus está a dar-te uma chance de viver mais um pouco. Por isso, digo! Vivamos mais este pouco, para Ele e com Ele. Deus!

III. Segurança para estar nos braços do Pai

Muitos vivem de forma iludida, ao pensar que tudo desvanece sem precisar preocupa-se da realidade da salvação. A filosofia Manaqueista com sua vertente agónostica, que coloca o diabo igual a Deus. E que a salvação do homem pode ser adquirida por si só, 1 por não serem passíveis de análise pela razão. Isso vem de forma invertida dos ensinamentos da sacrossanta palavra quando diz.
“10 Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. 11 Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido.” ()
f
g ; ;
h ; ; ;
Sociedade Bíblica do Brasil, Almeida Revista e Corrigida (Sociedade Bíblica do Brasil, 2009), .
2 O maniqueísmo é uma filosofia religiosa sincrética e dualística fundada e propagada por Manes ou Maniqueu, filósofo cristão do século III, que divide o mundo simplesmente entre Bom, ou Deus, e Mau, ou o Diabo. A matéria é intrinsecamente má, e o espírito, intrinsecamente bom. Com a popularização do termo, maniqueísta passou a ser um adjetivo para toda doutrina fundada nos dois princípios opostos do Bem e do Mal.
Quando o gnosticismo primitivo já perdia a sua influência no mundo greco-romano, surgiu na Babilônia e na Pérsia, no século III, uma nova vertente, o maniqueísmo. O seu fundador foi o profeta persa Mani (ou Manés) e as suas ideias sincretizavam elementos do zoroastrismo, do hinduísmo, do budismo, do judaísmo e do cristianismo. Uma simetria que está no ápcie da sapiência humana do século XXI.
O seu fundador foi o profeta persa Mani (ou Manés) e as suas ideias sincretizavam elementos do zoroastrismo, do hinduísmo, do budismo, do judaísmo e do cristianismo. Uma simetria que está no ápcie da sapiência humana do século XXI.
Manaqueismo: Coloca o diabo igual a Deus.
1 "agnósticismo", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/agn%C3%B3sticismo [consultado em 23-08-2018].
2 https://pt.wikipedia.org/wiki/Manique%C3%ADsmo

Promessas;

Promessas;
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. Crês tu isso?” ()
João 11.25–26 RC95
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. Crês tu isso?

É preciso crer;

Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida a minha pele, ainda em minha carne verei a Deus.” ()
Jó 19.25–26 RC95
Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida a minha pele, ainda em minha carne verei a Deus.
“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar.” ()
João 14.1–2 RC95
Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar.
Mas, agora, vou para ti e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.” ()
João 17.13 RC95
Mas, agora, vou para ti e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.

Todos nós vamos morrer, e era bom que todos pudessem perceber a garantida que Jesus nós dá para à eternidade;

Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo. Mas cada um por sua ordem: Cristo, as primícias; depois, os que são de Cristo, na sua vinda.” ()
1Coríntios 15.22–23 RC95
Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo. Mas cada um por sua ordem: Cristo, as primícias; depois, os que são de Cristo, na sua vinda.

Conclusão

Nunca pense que a vida chega ao seu fim quando descer ao túmulo. Nunca pense que tudo acaba aqui. A vida física termina aqui, mas ocorrerá a eternidade pós morte física. E a eternidade só pode ser decidida em vida. A escolha é sua, Eternidade com Cristo e eternidade sem Cristo. Qual delas você vai escolher? Jesus disse a um homem que pensava apenas nos seus bens terrestre. Pensava ao meu entender, que tudo terminava aqui. Em parábola Jesus disse:
Lucas 12.15–23 RC95
15 E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui. 16 E propôs-lhes uma parábola, dizendo: a herdade de um homem rico tinha produzido com abundância. 17 E arrazoava ele entre si, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. 18 E disse: Farei isto: derribarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; 19 e direi à minha alma: alma, tens em depósito muitos bens, para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. 20 Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será? 21 Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus. 22 E disse aos seus discípulos: Portanto, vos digo: não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. 23 Mais é a vida do que o sustento, e o corpo, mais do que as vestes.
“15 E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui. 16 E propôs-lhes uma parábola, dizendo: a herdade de um homem rico tinha produzido com abundância. 17 E arrazoava ele entre si, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. 18 E disse: Farei isto: derribarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; 19 e direi à minha alma: alma, tens em depósito muitos bens, para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. 20 Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será? 21 Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus. 22 E disse aos seus discípulos: Portanto, vos digo: não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. 23 Mais é a vida do que o sustento, e o corpo, mais do que as vestes.” ()
Lucas 12.20–23 RC95
20 Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será? 21 Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus. 22 E disse aos seus discípulos: Portanto, vos digo: não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. 23 Mais é a vida do que o sustento, e o corpo, mais do que as vestes.
Lucas 12.15–23 RC95
15 E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui. 16 E propôs-lhes uma parábola, dizendo: a herdade de um homem rico tinha produzido com abundância. 17 E arrazoava ele entre si, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. 18 E disse: Farei isto: derribarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; 19 e direi à minha alma: alma, tens em depósito muitos bens, para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. 20 Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será? 21 Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus. 22 E disse aos seus discípulos: Portanto, vos digo: não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. 23 Mais é a vida do que o sustento, e o corpo, mais do que as vestes.
Pr. José F. Rodrigues
Vila Real:
Tavira:
Para Word 25/08/2018
Related Media
Related Sermons