Faithlife Sermons

O Plano de Deus para nossas vidas

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 3 views

Deus tem um plano para todos nós, este plano se chama: santidade.

Notes & Transcripts
Sermon Tone Analysis
A
D
F
J
S
Emotion
A
C
T
Language
O
C
E
A
E
Social
View more →

O Plano de Deus para nossas vidas

Qual é o objetivo de Deus, para cada um de nós?
- A Salvação!
A salvação é o objetivo de Deus para cada um de nós, nós estamos separados de Deus por conta do pecado, e o objetivo de Deus é nos reunir novamente para que possamos estar na sua presença, amém?
Para chegar a este objetivo final Deus tem um plano para nossa vida, tem um plano para mim e um plano também para você.
Mas veja só que curiosa esta história:
Você esta feliz por estar na casa Deus?
Ricardo era um jovem que se apaixonou perdidamente por Rebeca, tudo o que ela fazia o deixava admirado.
Você esta feliz porque o preço do seus pecados foram pagos?
O jeito que ela andava, o jeito que ela falava, sorria, fazia com que Ricardo não a tirasse dos seus pensamentos, acelerava o seu coração.
Certo dia ele tomou coragem e foi falar com Rebeca, abriu o coração:
- Olha eu gosto muito de você e quero namorar com você. Você quer namorar comigo?
Rebeca ficou ao mesmo tempo surpresa e admirada com a coragem de Ricardo e respondeu.
- Qual é o seu plano de vida?
Ricardo ficou surpreso, ele esperava uma resposta de Rebeca e não uma outra pergunta, como ele demorava para responder, Rebeca complementou.
- Eu pergunto qual o seu plano de vida, qual o objetivo que você tem, porque se eles forem diferentes dos meus é muito provável que este relacionamento não dará certo. Se eu tiver um plano e você tiver outro e nenhum dos 2 mudar para andar juntos é muito provável que esse relacionamento não funcione e é melhor sabermos agora.
Olha que curioso, em vez de responder sim ou não, Rebeca responde qual o seu plano de vida?
Eu pergunto o mesmo para você nesta manhã, qual o seu plano de vida? O seu objetivo? Será que é o mesmo de Deus?
Deus tem um objetivo que é a nossa Salvação. O nosso objetivo é o mesmo?
Deus tem um plano em nossa vida. Será que o nosso plano é o mesmo?
Se em nosso relacionamento com Deus, o nosso objetivo e os nossos planos são diferentes do que Ele tem para nós, é muito provável que este relacionamento seguirá aos trancos e barrancos.
O objetivo de Deus é nos salvar!
E o Seu plano para nossas vidas é a santificação, a santidade.
O Plano de Deus nos salvou da morte eterna e nos liberta do pecado, devemos ser seus cooperadores andando em santidade.

I. DEUS NOS CHAMA PARA SERMOS SANTOS

Exodo 19.3

Subiu Moisés a Deus, e do monte o SENHOR o chamou e lhe disse: Assim falarás à casa de Jacó e anunciarás aos filhos de Israel: 4 Tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águia e vos cheguei a mim. 5 Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha; 6 vós me sereis reino de sacerdotes e nação santa. São estas as palavras que falarás aos filhos de Israel.

Deus liberta o Seu povo do cativeiro egípcio o qual estavam completamente rendidos, durante 400 anos eles estiveram vivendo em uma cultura pagã, idolatra sem condição alguma de se livrar deste poder opressor.
Então Deus com sua destra fiel, através de sinais e milagres liberta o Seu povo e liberta o Seu povo com um objetivo.
Conduzi-los a Terra Santa, no entanto para cumprir este objetivo Deus tem um plano, um propósito para o Seu povo.
Liberta o seu povo para um propósito.
Ser propriedade peculiar, reino de sacerdotes e nação santa.
Deus libertou o povo de Israel, para que eles fossem uma nação santa. E representassem a santidade de Deus diante do mundo.
Este também é o plano de Deus para conosco, não éramos escravos de outras pessoas mas muitos de nós vivíamos como escravos do pecado, escravos dos prazeres da carne, completamente submissos a vontade desenfreada de pecar, alheio as coisas de Deus, totalmente separados de Deus.
Até mesmo os que tiveram o privilegio de nascer em um lar cristão de igual maneira enfrentaram as consequências do pecado, de em algum momento em sua vida estar longe da presença de Deus.
No entanto Deus na sua infinita misericórdia por amor eterno a nós, rompe o cativeiro das trevas, do pecado, da opressão e nos torna livres.
Livres para fazermos o que quisermos?
De maneira alguma! Somos livres para um plano muito bem traçado: andarmos em santidade, para sermos nação santa de Deus, para realizar a sua vontade e o seu propósito.
Eu não sou dono de mim mesmo.
Por isso não devo falar o que quiser.
E quantas vezes falo para ofender o meu proximo, para ridiculariza-lo, para ofende-lo, para magoa-lo.
Eu não sou dono de mim mesmo.
Por isso não devo comer e beber o que quiser, e quantas vezes faço isso prejudicando a minha saúde, prejudicando o meu corpo que é o templo do Espirito Santo.
Eu não dono de mim mesmo.
E quantas vezes meus olhos, meus ouvidos se detém em imagens, filmes e musicas que não são edificantes, que não agregam nada de bom em minha vida e muito pelo contrário despertam o desejo pecaminoso que habita em mim.
E você me pergunta … que liberdade então é essa que eu não posso fazer o que eu quero? Que eu não posso fazer o que quiser?
E eu devolvo a pergunta para você … que liberdade é esta que você deseja que te separa de Deus, que vai te conduzir a morte?
Voce prefere continuar escravo do pecado e receber a morte eterna? Ou ser livre e santo diante de Deus?
Proverbios 14.12

Há caminho que ao homem parece direito,

mas ao cabo dá em caminhos de morte.

Porque Deus nos libertou do cativeiro do pecado, devemos ser gratos e andar em santidade.
Deus nos liberta do cativeiro, declara que somos sua propriedade para um propósito.
Propósito este o qual é Deus nos concede liberdade, Deus nos liberta do pecado, nos coloca em liberdade para um objetivo:
SERMOS SANTOS - andarmos em santidade na sua presença!
Este é o grande e principal plano de Deus para sua vida!
Somos propriedade particular de Deus! Logo, pertencemos a Deus, mas ao mesmo tempo somos livres em Deus.
Santidade.
Deus o tira das trevas, e o chama para sua maravilhosa luz para que você ande em santidade.
Antes de pregar, ensinar, testemunhar qualquer outro plano que você pense que possa desempenhar na obra de Deus. Deus o chama nesta manhã para ser santo, para representar o caráter dEle.

II. O QUE É SANTIDADE

Mas afinal de contas o que é santidade? Ser santo, antes de mais nada é ser separado para um propósito divino.
Santidade não é apenas comportamento e também não é aparência.
Santidade não é o que sai de nossos lábios … mas como nós vivemos diante de Deus, pois é Deus que nos santifica.
Leviticus 20:8

8 Guardai os meus estatutos e cumpri-os. Eu sou o SENHOR, que vos santifico.

Porque é possível que eu me condicione, que eu me discipline pelo habito a andar e agir como se fosse santo … falar como se fosse santo, me vestir como se fosse santo, me alimentar como santo, orar como santo, eu carrego a minha bíblia como se fosse santo … mas o meu coração está longe de Deus.
Santidade é andar na presença de Deus, para que Ele nos santifique.
É cortar laços com o mundanismo que existe.
Este é um dos paradoxos existentes na vida do povo santo de Deus, nós precisamos morrer para viver, e pertencermos a Deus para sermos livres.
É ter repúdio por toda forma e aparência de maldade e pecado.
É odiar o pecado que existe em nós.
É amar os pecadores como nós, com o mesmo amor de Cristo.
É perdoar as ofensas.
Você esta disposto a aceitar este plano de Deus em sua vida?
Esta você disposto a abandonar todo o traço de pecado e andar em Santidade?
Pois saiba que este é o plano de Deus hoje para sua vida.
Principalmente no momento em que vivemos, onde um mundo corrupto está sendo tomado por densas trevas, agentes satanicos realizem toda sua obra de maldade e perversão e recebem os aplausos do mundo, nós, filhos de Deus somos chamados para andar em santidade e permitir que a nossa luz brilhe iluminando a cruz de Cristo diante dos homens, para que eles tenham esperança de salvação, para testemunho e para a conversão daqueles que o Senhor nosso Deus tem chamado.
O tempo em que nós vivemos exige que andemos em santidade.
Abra sua Bíblia comigo em 1 Pedro 1.13

III. Santidade na Vida

13 Por isso, cingindo o vosso entendimento, sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo. 14 Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; 15 pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, 16 porque escrito está:

Sede santos, porque eu sou santo.

Escrevendo aos cristãos na Asia Menor, por volta do ano 65 ~ 67 o Apóstolo Pedro exorta os crentes a viver em santidade, mesmo, com todas as perseguições e dificuldades que eles estavam vivendo, e as dificuldades estavam apenas começando, o pior estava por vir, Pedro diz:
"Se preparem, espiritualmente e mentalmente e tenham calma, confiando inteiramente na graça, na obra de Cristo que nos garante a Salvação".
"E como filhos obedientes não voltem a andar segundo/conforme as suas paixões que são contrárias a vontade de Deus, a qual vocês andavam na sua ignorância".
A falta de conhecimento da vontade de Deus, da Palavra de Deus é a raiz de toda desgraça, a falta de fé e do conhecimento de Deus é a ruína da santidade, pois ali permanecem o erro e a cegueira.
E Pedro continua: "Segundo aqueles que vos chamou, sejam santos em todo o vosso procedimento, por que escrito está: Sede santos, porque eu sou santo".

16 porque escrito está:

Sede santos, porque eu sou santo.

Apesar de nossas lutas e dificuldades, ainda sim nós devemos atender ao chamado de Deus, devemos cooperar com o plano de Deus para nossas vidas … sermos santos, andar em santidade.
Não há necessidade de desespero, não precisamos ficar aflitos por nossa condição, achando que a nossa santidade é que irá nos salvar, mas em primeiro lugar devemos crer com fé que a obra de Cristo é suficiente para salvação, amém?
E em segundo lugar, uma vez que eu aceitei Cristo como meu Salvador eu posso então como um filho obediente ao pai atender o chamado para andar não segundo o padrão do mudo, mas segundo o padrão Santo, Divino do nosso Senhor Jesus Cristo.
Nós somos salvos, libertos, não para andarmos seguindo o modelo do mundo, mas para andarmos seguindo o modelo chamado: Jesus.
Ele é o nosso único modelo, a Ele devemos imitar e devemos imitar em todo o nosso procedimento.
Não é isso que Pedro diz aos crentes da época e a nós hoje?
Verso 15.

tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento,

Dr. Magalhães não era muito conhecido fora de sua esfera de trabalho, pois andava muito ocupado. Desde que se formara em medicina não podia assistir regularmente os trabalhos da igreja.
Não era conhecido nas altas rodas sociais e poucos eram os seus divertimentos, pois seus doentes ocupavam quase todo seu tempo. Era por eles respeitado com veneração.
Não era conhecido nas altas rodas sociais e poucos eram os seus divertimentos, pois seus pacientes ocupavam quase todo seu tempo. Era por eles respeitado com veneração.
Porém, certo dia uma senhora movida pelo espírito do gratidão, disse, esquecendo o acanhamento: “A razão de alegrar-nos sempre com sua visita doutor, não é somente porque o senhor operou a cura quase milagrosa do meu marido, mas porque sentimos sempre o ambiente diferente. Confiamos que o senhor fará sempre o que for direito, e quando o senhor sai, sabemos que está orando. O senhor é um crente, não é?”
Porém, certo dia uma senhora movida pelo espírito do gratidão, disse, esquecendo o acanhamento: “A razão de alegrar-nos sempre com sua visita doutor, não é somente porque o senhor operou a cura quase milagrosa do meu marido, mas porque sentimos sempre o ambiente diferente. Confiamos que o senhor fará sempre o que for direito, e quando o senhor sai, sabemos que está orando. O senhor é um crente, não é?”
“Porque…”, ela hesitou, “porque acho que se não fosse crente, não poderia fazer-nos pensar em Deus! E todos pensam nEle quando o senhor chega. Muitos têm me falado isto.”
“Porque…”, ela hesitou, “porque acho que se não fosse crente, não poderia fazer-nos pensar em Deus! E todos pensam nEle quando o senhor chega. Muitos têm me falado isto.”
O médico estava muito emocionado, e só depois de algum tempo pôde dizer:
O médico estava muito emocionado, e só depois de algum tempo pôde dizer:
“Agradeço-lhe estas boas palavras, minha senhora. Se tenho o poder de fazer outros lembrar-se do Senhor estou fazendo melhor do que jamais sonhei fazer. Oro pelos meus clientes, de outra forma não poderia esperar o sucesso que tenho tido.”
“Agradeço-lhe estas boas palavras, minha senhora. Se tenho o poder de fazer outros lembrar-se do Senhor estou fazendo melhor do que jamais sonhei fazer. Oro pelos meus clientes, de outra forma não poderia esperar o sucesso que tenho tido.”
E durante todo o dia aquela senhora deu graças a Deus pela oportunidade que lhe dera de testemunhar sua gratidão, enquanto o médico durante muitos anos dizia consigo mesmo: “O povo me estima não somente pelo poder da medicina, mas porque Jesus me tem feito uma testemunha Sua. Todos me aceitam como cooperador do “Grande Médico”.
E durante todo o dia aquela senhora deu graças a Deus pela oportunidade que lhe dera de testemunhar sua gratidão, enquanto o médico durante muitos anos dizia consigo mesmo: “O povo me estima não somente pelo poder da medicina, mas porque Jesus me tem feito uma testemunha Sua. Todos me aceitam como cooperador do “Grande Médico”.
Tornarmo-nos santos em todo o nosso procedimento é exatamente assim, as pessoas conviverem conosco e se lembrarem de Jesus, verem um pouco de Cristo em nossa vida.
Este é o resultado da vida de santidade,
Não pelo que nós fazemos, mas pelo que Cristo faz através de nós, mediante a ação do Espirito Santo, pois nós mesmos não temos capacidade de andarmos em santidade.
E é por isso que se queremos ser cooperadores do plano de Deus para nós para que andemos em santidade precisamos ROGAR, CLAMAR a CRISTO IMPLORANDO PELO ESPIRITO SANTO EM NOSSAS VIDAS.
SENHOR CONCEDE-NOS O SANTO ESPIRITO PARA QUE ANDEMOS EM SANTIDADE CONFORME O SEU PROPÓSITO PARA NÓS.
E quando nos submetermos ao Espirito Santo em oração e no estudo da Palavra, nós iremos tratar a todos com honra, iremos amar os nossos irmãos de coração, sem fingimento.
Seremos servos e submissos uns aos outros inclusive aqueles que não agem corretamente conosco, como aquele chefe que nos persegue, aquele colega de trabalho ou aquele parente que implica conosco, porque pelo nosso testemunho eles serão calados.
Quando formos mal falados, mal tratados pelas pessoas que convivem conosco não faremos ameaças, mas entregaremos o caso ao Senhor que julga retamente.
As esposas que vivem sob jugo desigual serão submissas aos maridos, para que se ainda não obedecem a Palavra, sejam ganho sem palavra alguma por meio do testemunho de sua esposa.
Os maridos terão consideração para com suas esposas como parte mais frágil, as tratando com dignidade, respeito e amor.
Quanto aos jovens, ouvirão aos que são mais velhos e serão humildes no convívio uns com os outros, afim de receber a graça de Deus.
E ainda que soframos pela nossa escolha de viver uma vida santa, ainda que sejamos perseguidos, rejeitados por aqueles que nos cercam não ficaremos alarmados, mas antes, santifiquemos a Cristo, como nosso Senhor em nosso coração.
O chamado de Deus o Pai é para que seus filhos andem em santidade.
IV. O p

17 Ora, se invocais como Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo as obras de cada um, portai-vos com temor durante o tempo da vossa peregrinação, 18 sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, 19 mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo, 20 conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós 21 que, por meio dele, tendes fé em Deus, o qual o ressuscitou dentre os mortos e lhe deu glória, de sorte que a vossa fé e esperança estejam em Deus.

Pedro exorta os crentes que agora, se chamam a Deus como pai, portanto andai em reverência e humildade durante o pouco tempo que nos resta até chegarmos a Nova Jerusalém.
Pedro diz, vocês são forasteiros, peregrinos, não pertencem a esta nação
Sabendo que não foram resgatados por prata ou ouro da vida que vocês levavam antes, mas pelo precioso sangue como de cordeiro, sem defeito, sem mácula, o sangue de Cristo, que nos planos de Deus desde a eternidade estava preparado para ser derramando por vós e por amor de vós.
Lutero nos escreveu:
Apenas uma gota de sangue inocente teria sido mais que suficiente para pagar o pelo pecado do mundo inteiro. Todavia, o Pai queria derramar sobre nós a sua graça tão abundante que deixou seu Filho, Cristo, derramar todo o seu sangue e dar nos o tesouro todo.
Portanto, Ele não quer que tratemos com leviandade nem desprezemos essa maravilhosa graça. Ele quer que nos conduzamos em temor [santidade], para que este tesouro não nos seja tirado.
Pelo sacrificio que Cristo fez por mim e por você, será que nos é pesado demais TER PELO MENOS A VONTADE de nos livrar de nossos pecados acariciados, nos afastar de toda maldade?
Tirar realmente de nossas vidas toda sujeira que tem manchado o nosso relacionamento com Deus? Tem impedido o Senhor de realizar o plano que Ele tem para nós.
E eu digo TER PELO MENOS VONTADE porque eu digo por mim mesmo que não consigo me livrar do mal que existe em mim.
Mas quando nós voltamo-nos para Jesus e confessamos SENHOR, EU NÃO POSSO, MAS PELA SUA GRAÇA, CONCEDE O TEU SANTO ESPIRITO, ME FAZ SANTO NOS MÉRITOS DE JESUS.
Então nós permitimos que o Espirito Santo nos conduza, e Ele nos levará a comunhão com Deus em Oração e Estudo da Palavra, Estudo da Palavra e Oração e esse relacionamento com Deus … é o que irá nos santificar e irás nos fazer andar em santidade até a volta de Jesus.
Hebreus 12.14

Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,

A santidade então não depende de nós? Não e sim, como os demais paradoxos do cristianismo.
A santificação é o trabalho de uma vida inteira, é o plano de Deus para toda nossa vida e ela precisa começar, ela precisa ter continuidade.
Precisamos andar na presença de Deus.
Quando nós andamos em santidade é que a nossa vida espiritual prospera.
É quando nós andamos em santidade que a igreja prospera.
Quando nós andamos em santidade a igreja como um todo prospera.
E quando a igreja anda em santidade ela prospera testemunhando do poder de Cristo para salvar.
Este é o plano de Deus para nós, devemos confiar plenamente que Aqueles que iniciou, também irá concluir esta obra.
# SANTIDADE PROVEM DO AMOR
Aqueles que já nos salvou, que tem nos perdoado, também irá nos santificar, precisamos ter vontade de cooperar com este plano.
"Numa sociedade que promove a impureza e aplaude os impuros, a igreja é chamada a viver em santidade e pureza. Aqueles que estão em Cristo são purificados e lavados no sangue do Cordeiro. Esses recebem a vida eterna e têm a alegria de ter seu nome escrito no livro da vida. Aqueles que são puros de coração é que vivem de forma feliz e maiúscula, pois somente esses verão a Deus, a fonte da vida e da felicidade."
Hernades Dias Lopes
Sejamos santos, porque o nosso Deus é Santo.
#SANTIDADE É ANDAR SEGUNDO O ESPIRITO
Related Media
Related Sermons