Faithlife Sermons

A trajetória da queda de Davi

A queda de Davi  •  Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 8 views

O pecado é algo devastador. Ele nasce na negligência. Ele cresce no coração. Ele nos leva a pecar mais e mais. Ele cauteriza nossa consciência. Ele afeta outras pessoas. É sobre isso que quero falar hoje: sobre o caminho do pecado. Onde ele começa? Para onde ele leva?

Notes & Transcripts
Sermon Tone Analysis
A
D
F
J
S
Emotion
A
C
T
Language
O
C
E
A
E
Social
View more →
Abram suas bíblias, por gentileza, no segundo livro de Samuel, capítulo 11. Segundo livro de Samuel, capítulo 11, a partir do versículo 1. Peço que mantenha a sua bíblia aberta neste capítulo. Nós leremos apenas os versículos de 1 a 5, mas vamos olhar para todo o capítulo. Acompanhe comigo:
2 Samuel 11:1–5 RA
Decorrido um ano, no tempo em que os reis costumam sair para a guerra, enviou Davi a Joabe, e seus servos, com ele, e a todo o Israel, que destruíram os filhos de Amom e sitiaram Rabá; porém Davi ficou em Jerusalém. Uma tarde, levantou-se Davi do seu leito e andava passeando no terraço da casa real; daí viu uma mulher que estava tomando banho; era ela mui formosa. Davi mandou perguntar quem era. Disseram-lhe: É Bate-Seba, filha de Eliã e mulher de Urias, o heteu. Então, enviou Davi mensageiros que a trouxessem; ela veio, e ele se deitou com ela. Tendo-se ela purificado da sua imundícia, voltou para sua casa. A mulher concebeu e mandou dizer a Davi: Estou grávida.

Introdução

Alguma vez você já quis voltar no tempo? Você já quis desfazer algo? Acho maravilhoso como no computador é fácil desfazer algo. Você digitou algo errado, Ctrl+Z, pronto, desfeito. Não sei você, mas como eu já senti vontade de poder fazer isso na minha vida. Várias e várias vezes. Principalmente em situações embaraçosas! Principalmente quando faço algo errado. Principalmente quando eu peco.
Mas na vida não há volta. Há momentos que mudam radicalmente nossa vida. Às vezes são coisas que não podemos controlar. Mas às vezes são decisões. Pode ser a decisão certa, ou a decisão errada. De qualquer forma, não há volta.
Este texto nos mostra um desses momentos na vida de Davi. É um momento sem volta, daqueles que mudam uma vida inteira. E ele tomou a decisão errada.

Contexto

Quando olhamos para o segundo livro de Samuel, vemos que Davi estava no seu melhor momento. Deus o fez rei em Israel. Deus fez uma aliança com ele (cap. 7). Depois disso, Davi liderou e venceu várias batalhas. Estava tudo indo muito bem.
Até agora. A partir do capítulo 11, tudo começa a dar errado na vida de Davi. Ele comete adultério e assassinato. E então ele, sua família e todo o reino colhem as consequências. Tragédia após tragédia.
Davi fez uma grande bagunça! E apenas Deus pode consertar. Que bom que Deus consertou! Nós vemos isso no capítulo 12. É o que nós temos se você olhar a história inteira, nos capítulos 11 e 12.
No capítulo 11, Davi cometeu adultério e assassinato.
No capítulo 12, Deus trata com Davi. Deus julga Davi. Deus o perdoa, e depois o restaura.
Hoje eu quero focar com você no capítulo 11, onde é a queda de Davi. Vamos observar a trajetória da queda de Davi. Como foi que isso aconteceu?
Há três coisas que quero observar com você nesse texto:
Davi, antes mesmo de pecar, já estava a um passo do desastre;
Davi tentou desesperadamente ocultar o seu pecado;
Davi teve seu coração endurecido.
Como isso aconteceu? Como foi que um homem segundo o coração de Deus tornou-se um homem segundo o próprio coração?

1 A um passo do desastre

A primeira coisa que podemos observar é que, antes mesmo de pecar, ele já estava a um passo do desastre. Nós vemos isso nos versículos de 1 a 5 (2Sm 11.1-5).
2 Samuel 11:1–5 RA
Decorrido um ano, no tempo em que os reis costumam sair para a guerra, enviou Davi a Joabe, e seus servos, com ele, e a todo o Israel, que destruíram os filhos de Amom e sitiaram Rabá; porém Davi ficou em Jerusalém. Uma tarde, levantou-se Davi do seu leito e andava passeando no terraço da casa real; daí viu uma mulher que estava tomando banho; era ela mui formosa. Davi mandou perguntar quem era. Disseram-lhe: É Bate-Seba, filha de Eliã e mulher de Urias, o heteu. Então, enviou Davi mensageiros que a trouxessem; ela veio, e ele se deitou com ela. Tendo-se ela purificado da sua imundícia, voltou para sua casa. A mulher concebeu e mandou dizer a Davi: Estou grávida.
Israel estava em guerra (v. 1), contra os amonitas. Joabe e seus homens destruíram os amonitas, cercaram sua capital e… Davi estava em casa. Davi ficou em Jerusalém. O que o rei fazia em casa, enquanto a nação inteira lutava em campo? Davi está no lugar errado, na hora errada. Ele devia estar liderando seu povo! É a época em que reis saem para batalha. É isso que os israelitas esperavam de um rei (1Sm 8, 2Sm 5.2), e Deus preparou Davi para isso.
2 Samuel 5:2 RA
Outrora, sendo Saul ainda rei sobre nós, eras tu que fazias entradas e saídas militares com Israel; também o Senhor te disse: Tu apascentarás o meu povo de Israel e serás chefe sobre Israel.
Então Davi acordou tarde e “andava passeando” no terraço (v. 2), quando viu uma mulher tomando banho. E ela era muito bonita. Então Davi a desejou.
Davi descobre que ela é casada (v. 3). Ela é casada com Urias, o heteu, um de seus principais soldados. Ela não é uma completa desconhecida. Mas pra Davi nada disso importa. Nada pode impedi-lo. Ele ignora todos os sinais de alerta.
Então Davi enviou mensageiros que a trouxessem (v. 4). Uma outra tradução possível é “Davi enviou mensageiros que a tomassem”. Aqui não sabemos o que Bate-Seba quer, mas para Davi isso não importa. Ele não dá a mínima. Ele a toma. Então ela veio e ele deitou-se com ela.
Este é o rei Davi. Ele faz o que quer. Ele toma, porque ele pode. Nada pode detê-lo! Nada pode mudar seus planos!
Até que Bate-Seba manda dizer a Davi (v. 5): "Estou grávida". E isso muda seus planos. Todos saberão! Todos perceberão! E não há com o filho ser de Urias, pois ela se purificou-se recentemente. Urias não poderia tê-la tocado enquanto estivesse impura cerimonialmente. O adultério é um pecado digno de morte (Dt 22.22). E nem mesmo o rei estava acima da Lei de Deus.
Num espaço de tempo tão pequeno, Davi pôs tudo a perder! Ele fez algo terrível. Por que Davi fez isso? O que há de errado com Davi? Acontece que o pecado não aparece do nada. Nunca é de repente. O problema já estava lá.

1.1 NEGLIGÊNCIA

Davi foi negligente. O erro de Davi começa por não estar onde devia estar, fazendo o que devia fazer. Há uma frase do pastor Matthew Henry que diz:
“Sempre que andamos fora do caminho do nosso dever, nos encontramos no caminho da tentação.”
Davi tinha uma responsabilidade, um chamado de Deus. E durante um tempo ele foi um modelo de como um rei devia ser. Ele confiava, se alegrava no Senhor. Ele confiou na sua promessa. E ele governava segundo o coração de Deus.

1.2 VIVENDO PARA SI MESMO

Mas Davi se esqueceu de Deus. Ele passou a viver para si mesmo.
Veja como é agora a vida de Davi. Ele dorme, levanta, passeia, tem um desejo, dá ordens e consegue o que quer. Davi passou a viver como um rei pagão! Davi passou a viver como uma criança mimada! Deus deu o reinado a Davi, e ele passou a usá-lo para os desígnios do seu coração. Ele abusou de seu poder.
Não é difícil encontrar exemplos de abuso de poder. Abra o jornal, veja a seção de política. É escândalo após escândalo. Eles não governam para o bem do povo. Eles governam para si mesmos. Assim é Davi.

1.3 COBIÇA

Davi cobiçou. Davi não fez pacto com os próprios olhos (Jó 31.1). Ele olhou para Bate-Seba e a desejou. E ele mediu as consequências do seu desejo. Irmãos, o pecado começa dentro de nós. Ele começa com a cobiça.
Lembre-se de Eva. Antes de tomar do fruto proibido e comê-lo, ela olhou pra ele e viu que era agradável, atraente e desejável para se obter conhecimento. Ali a serpente já havia ganhado seu coração.
Tiago diz que “cada um é tentado pela sua própria cobiça”, e a cobiça “depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.” (James 1.14-1 5).

1.4 APLICAÇÃO

Irmãos, Davi já estava a um passo do desastre. Talvez eu e você também estejamos a um passo do desastre.
Talvez você, como Davi, seja negligente. Quantas pessoas estão nas igrejas, mas são mortos-vivos espirituais? Parecem até que saíram de The Walking Dead. São zumbis espirituais! São cristãos. Creem em Jesus Cristo como Salvador. Um dia Deus as colocou numa igreja, onde devem estar. Mas, por algum motivo, não fazem nada. São indiferentes. Estão, como diria Keith Green, “dormindo na luz”. Não evangelizam. Não servem com seus dons. Na verdade, mal vêm à igreja. Estão desanimadas, como Davi.
Talvez você, como Davi, viva como um ateu. Quantas pessoas estão na igreja, crêem em Deus, mas vivem como se Ele não existisse? Vivem como ateus! Desejam as mesmas coisas que ateus desejam!
Se eu perguntasse a alguns jovens: “qual é o seu objetivo na vida?”, tenho certeza de que ouviria coisas como: “Ah, quero terminar faculdade, conseguir um bom emprego, estabilidade financeira, ter carro, ter uma casa confortável, casar com uma pessoa bonita…”. Bem, isso um ateu também quer. Sinceramente, qual a diferença?
Por que isso acontece? Por que Davi desanimou? Por que ele vivia para si mesmo? Por que ele cobiçou? Porque antes mesmo de pecar, ele já não tinha alegria. Servir a Deus já não o satisfazia. Esse é o problema do coração de Davi.
Deus já havia feito muita coisa na vida de Davi. Mas nada disso foi suficiente. Então Davi buscou felicidade no pecado. E isso o destruiu.
O Salmo 51 é sobre quando Davi se arrependeu desse pecado. Veja o que Davi pede a Deus (Ps 51.12):
Psalm 51:12 RA
Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário.
Davi sabe que precisa de alegria. E isso só Deus pode dar.
Irmão, irmã, se a vida cristã já não parece suficiente, e não há motivação, e não há vontade nem de sair da cama, se o que te faz sair da cama são apenas coisas que dão prazer… então o seu coração está mal direcionado. Você está amando as coisas erradas. Você está buscando alegria no lugar errado. E isso é estar a um passo do desastre. Continue assim, e você vai cair.
Busque alegria em Jesus! Substitua a alegria temporária do pecado pela alegria plena, eterna, dada por Jesus!

2 Davi tentou esconder o seu pecado

Nós vimos que Davi já estava a um passo do desastre, e então o desastre aconteceu. A segunda coisa que podemos ver nesse texto é Davi tentou, desesperadamente, esconder o seu pecado. Veja isso nos versículos 6 a 13 (2Sm 11.6-13).
2 Samuel 11:6–13 RA
Então, enviou Davi mensageiros a Joabe, dizendo: Manda-me Urias, o heteu. Joabe enviou Urias a Davi. Vindo, pois, Urias a Davi, perguntou este como passava Joabe, como se achava o povo e como ia a guerra. Depois, disse Davi a Urias: Desce a tua casa e lava os pés. Saindo Urias da casa real, logo se lhe seguiu um presente do rei. Porém Urias se deitou à porta da casa real, com todos os servos do seu senhor, e não desceu para sua casa. Fizeram-no saber a Davi, dizendo: Urias não desceu a sua casa. Então, disse Davi a Urias: Não vens tu de uma jornada? Por que não desceste a tua casa? Respondeu Urias a Davi: A arca, Israel e Judá ficam em tendas; Joabe, meu senhor, e os servos de meu senhor estão acampados ao ar livre; e hei de eu entrar na minha casa, para comer e beber e para me deitar com minha mulher? Tão certo como tu vives e como vive a tua alma, não farei tal coisa. Então, disse Davi a Urias: Demora-te aqui ainda hoje, e amanhã te despedirei. Urias, pois, ficou em Jerusalém aquele dia e o seguinte. Davi o convidou, e comeu e bebeu diante dele, e o embebedou; à tarde, saiu Urias a deitar-se na sua cama, com os servos de seu senhor; porém não desceu a sua casa.
Davi está numa enrascada. Então ele monta uma estratégia. Ele convoca Urias, marido de Bate-Seba, a Jerusalém (v. 6).

2.1 DAVI TENTA ENGANAR URIAS

Então primeiro ele tenta enganar Urias. Ele o chama, conversa, disfarça, e depois dá férias a Urias (v. 8). “Desça até sua casa”, ele diz. E manda um presente. Ele quer que Urias deite-se com Bate-Seba. Assim todos pensariam que o filho é de Urias.
Tudo o que Davi quer é que Urias desça até a sua casa. E essa é a única coisa que Urias não faz. É engraçado como o texto mostra isso, fazendo uso de repetição, para mostrar a tensão da situação. Veja os versículos 8 a 10:
Depois, disse Davi a Urias: Desce a tua casa e lava os pés. Saindo Urias da casa real, logo se lhe seguiu um presente do rei.
Porém Urias se deitou à porta da casa real, com todos os servos do seu senhor, e não desceu para sua casa.
Fizeram-no saber a Davi, dizendo: Urias não desceu a sua casa. Então, disse Davi a Urias: Não vens tu de uma jornada? Por que não desceste a tua casa?

2.2 DAVI TENTA ARGUMENTAR COM URIAS

Então, agora, Davi tenta argumentar com Urias. E Urias responde. Veja o verso 11:
“A arca, Israel e Judá ficam em tendas; Joabe, meu senhor, e os servos de meu senhor estão acampados ao ar livre; e hei de eu entrar na minha casa, para comer e beber e para me deitar com minha mulher? Tão certo como tu vives e como vive a tua alma, não farei tal coisa.”
Veja que ironia. Urias não faz o que Davi quer, porque é fiel a Davi. Ele não faz por causa da arca. Por causa de Israel. Por causa de Joabe, e de seus colegas. E ele jura pelo nome de Davi.
E o que Urias nunca faria é exatamente o que Davi fez. Davi ficou em casa, comendo, bebendo, e deitou-se com Bate-Seba. Como Urias, um estrangeiro, é mais fiel que Davi, rei de Israel!

2.3 DAVI EMBRIAGA URIAS

Como argumentar também não funcionou, agora Davi tenta embriagar Urias (v. 12-13). Ele dá um banquete, aproveita-se da fidelidade de Urias e o embebeda. Mas nem estando embriagado Urias cedeu. Esse plano também falhou.

2.4 APLICAÇÃO

O que os planos frustrados de Davi têm a ver comigo e com você?
Certa vez, quando eu era criança, eu tirei uma nota baixa na escola. Tirei um 2 de matemática. Eu morri de vergonha, pois realmente não havia estudado. Então, a professora piorou ainda mais minha situação. Ela queria que entregássemos bilhetinhos aos pais, informando a nota baixa. E ela queria que os bilhetes fossem trazidos na próxima aula, assinado pelos pais. Eu não entreguei o bilhete aos meus pais. Quando chegou o dia de devolvê-lo assinado, eu mesmo assinei, e tentei imitar a letra da minha mãe. Claro que isso não deu certo! Minha mentira durou pouco tempo. Meus pais foram chamados. Eles ficaram muito bravos comigo, e com razão! Eu fiz algo pior que tirar nota baixa. Eu traí a confiança deles.
Nós também somos assim. Quando queremos esconder o nosso pecado, pecamos ainda pior. O pecado escondido frutifica em mais pecados.
Por que preferimos guardar o pecado? Por que não o confessamos?
Primeiro, porque acreditamos na promessa do pecado. Acreditamos que podemos escondê-lo, e até pecamos para escondê-lo. Acreditamos que se deixarmos ele ali, quietinho, intacto, vai ficar tudo bem. Mas isso é uma mentira. O pecado não é um bom amigo. Ele vai te trair.
Segundo, porque achamos que podemos escapar de Deus. Novamente, Davi se esqueceu-se de Deus. Davi se esqueceu de que Deus é onisciente. Deus vê tudo. Ele sonda nossos corações. Ele conhece nossas intenções. Davi pode escapar da disciplina da Lei, mas não escapará de Deus.
Davi não se arrependeu imediatamente. Ele teve de ser confrontado por Deus. Deus foi atrás de Davi. Apesar de seu pecado grave, Deus preservou a aliança. Davi se arrependeu e confessou (2Sm 12.13) e Deus o perdoou.
2 Samuel 12:13 RA
Então, disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. Disse Natã a Davi: Também o Senhor te perdoou o teu pecado; não morrerás.
O Salmo 32 revela a experiência de Davi. Ele diz:
“Enquanto calei meus pecados, envelheceram os meus ossos… tua mão pesava sobre mim… Confessei-te o meu pecado… e tu perdoaste a iniquidade do meu pecado” (Sl 32.3-5).
Sabe o que aconteceu depois que Davi confessou? Isso é contado no capítulo 12. Davi sofreu as consequências. Ele passou por forte sofrimento. Mas Deus o restaurou e lhe deu paz e alegria, por meio de um filho, um filho amado do Senhor.
Talvez, assim como Davi, você esteja fugindo de Deus. Talvez esteja escondendo pecados. Não presta contas a ninguém. Sente a mão de Deus pesando sobre você. Se esse é o seu caso, não entristeça mais o Espírito Santo.
Nós não cremos, como os católicos, que você seja obrigado a confessar a alguém um pecado oculto. Mas você não pode esconder os pecados de Deus.
Confesse. Confesse a Deus. Submeta-se à disciplina de Deus. Porque Deus oferece alegria e paz por meio de um filho, seu próprio Filho: Jesus Cristo. Ele tomou para si nossa condenação. Ele é fiel e justo para perdoar e purificar de todo pecado.

3. O coração endurecido de Davi

Nós vimos que Davi tentou esconder o seu pecado, e isso não deu certo. A terceira coisa que vemos nesse texto é que o coração de Davi se endureceu. Isso está nos versículos 14 a 27 (2Sm 11.14-27).
2 Samuel 11:14–27 RA
Pela manhã, Davi escreveu uma carta a Joabe e lha mandou por mão de Urias. Escreveu na carta, dizendo: Ponde Urias na frente da maior força da peleja; e deixai-o sozinho, para que seja ferido e morra. Tendo, pois, Joabe sitiado a cidade, pôs a Urias no lugar onde sabia que estavam homens valentes. Saindo os homens da cidade e pelejando com Joabe, caíram alguns do povo, dos servos de Davi; e morreu também Urias, o heteu. Então, Joabe enviou notícias e fez saber a Davi tudo o que se dera na batalha. Deu ordem ao mensageiro, dizendo: Se, ao terminares de contar ao rei os acontecimentos desta peleja, suceder que ele se encolerize e te diga: Por que vos chegastes assim perto da cidade a pelejar? Não sabíeis vós que haviam de atirar do muro? Quem feriu a Abimeleque, filho de Jerubesete? Não lançou uma mulher sobre ele, do muro, um pedaço de mó corredora, de que morreu em Tebes? Por que vos chegastes ao muro? Então, dirás: Também morreu teu servo Urias, o heteu. Partiu o mensageiro e, chegando, fez saber a Davi tudo o que Joabe lhe havia mandado dizer. Disse o mensageiro a Davi: Na verdade, aqueles homens foram mais poderosos do que nós e saíram contra nós ao campo; porém nós fomos contra eles, até à entrada da porta. Então, os flecheiros, do alto do muro, atiraram contra os teus servos, e morreram alguns dos servos do rei; e também morreu o teu servo Urias, o heteu. Disse Davi ao mensageiro: Assim dirás a Joabe: Não pareça isto mal aos teus olhos, pois a espada devora tanto este como aquele; intensifica a tua peleja contra a cidade e derrota-a; e, tu, anima a Joabe. Ouvindo, pois, a mulher de Urias que seu marido era morto, ela o pranteou. Passado o luto, Davi mandou buscá-la e a trouxe para o palácio; tornou-se ela sua mulher e lhe deu à luz um filho. Porém isto que Davi fizera foi mau aos olhos do Senhor.

3.1 UM PLANO CRUEL

Davi não conseguiu convencer Urias. Então ele decide matá-lo. Simples assim. Cruel assim. Ele manda Urias de volta a Joabe, seu comandante, com uma carta que ordena a sua morte (v. 14-15). A carta ordena a Joabe que coloque Urias na linha de frente, junto aos homens mais fortes, e o deixe sozinho para que morra.

3.2 A PIOR ESTRATÉGIA MILITAR DE TODAS

Joabe foi obediente a Davi, e tomou as medidas necessárias (v. 16-17). Ele mesmo levou seus homens até perto do muro da cidade. Ele sabia o que ia acontecer! Ninguém em sã consciência faz isso. Essa é a pior estratégia militar de todas. Abimeleque, filho de Gideão, morreu desse jeito. E agora morreu Urias, e muitos outros homens.

3.3 UMA REAÇÃO SURPREENDENTE

Então Joabe toma providências para avisar Davi tudo o que se dera na batalha (v. 18-21). Ele envia um mensageiro. Mas Joabe imagina que Davi poderia ficar irado, pelas mortes e pela derrota. Por isso ele pede que o mensageiro diga, depois de contar tudo o que aconteceu (v. 21):
“Também morreu teu servo Urias, o heteu.”
É uma maneira sutil de informar. E também de jogar a culpa. Veja, é como se ele dissesse: “Fiz só o que você pediu.”
Só que Davi recebe a mensagem, e não fica irado. Muito pelo contrário.
Ele diz (v. 25):
“Não pareça isto mal aos teus olhos, pois a espada devora tanto este como aquele; intensifica a tua peleja contra a cidade e derrota-a; e, tu, anima a Joabe.”
Veja, Davi nunca foi alguém insensível. Ele chorou a morte de Jônatas. Ele lamentou até a morte de Saul, que lhe perseguia.
Mas agora ele diz: “Tudo bem, faz parte da guerra.” A consciência de Davi está tão amortecida ele nem se dá conta da crueldade. Ele diz: “não pareça isto mau aos teus olhos”. Mas foi mau aos olhos de Deus!

3.1 AOS OLHOS DO SENHOR

Ora, agora tudo está resolvido para Davi. Quem iria acusá-lo? Urias morreu na guerra. Bate-Seba ficou de luto por um tempo, depois Davi casa-se com ela. Veja, ele sai até como herói no final! “Olhem como o rei cuidou daquela viúva!”
Esse é o objetivo de Davi: não ser reprovado por ninguém. Basta que ninguém o descubra. Novamente, Davi esqueceu-se de Deus. Veja comigo o versículo 27, a última frase:
“Porém isto que Davi fizera foi mau aos olhos do SENHOR.”
Davi agiu como se Deus estivesse longe! Ele viveu, escondeu seu pecado e endureceu seu coração como se não houvesse Deus. Mas Deus está presente.

3.4 APLICAÇÃO

O pecado é uma afronta a Deus. O pecado é rebelião contra Deus. O pecado é algo terrível, é algo que Deus odeia. Nós também devemos odiar o pecado.
Irmão, irmã, sabe aquele pecado que te acompanha há tanto tempo que nem parece mais pecado pra você? Sabe aquele pecado que você justifica? Que você racionaliza? Você diz “ah, isso não é tão mau”. Isso é um coração endurecido. E isso não é algo impossível para um cristão. Isso é algo que pode acontecer comigo e com você.
Isso é um alerta para mim e para você. Não somos melhores que Davi. Satanás nos tenta continuamente. Satanás quer que pensemos que isso não pode acontecer conosco. Satanás quer que você pense que esse seu pecado de estimação não faz tão mau assim.
Você pode estar no mesmo caminho que Davi. Você pode estar no começo do caminho, a um passo da tragédia. Você pode estar no meio do caminho, escondendo pecados. Ou seu coração já está tão endurecido, a ponto de ser cruel. A Bíblia o chama a se arrepender, agora, e a voltar ao bom caminho.

Conclusão

Concluindo, irmãos, Davi esqueceu-se de Deus. Mas Deus não se esqueceu de Davi. E no capítulo 12 vemos que Deus age para restaurar Davi. Ele fará aquilo que Davi não pode fazer por si mesmo. Você não pode restaurar a si mesmo. Então Deus vai até você.
O coração de Davi endureceu, mas Deus o amolecerá. Ele o confrontará. Davi tentou esconder seu pecado, mas Deus vai expor seu pecado. E Davi confessará. Davi deixou de ter alegria. Mas Deus restaurará sua alegria. Não sem antes muito sofrimento. Mas Deus lhe dará paz, por meio de um filho.
Essa é a obra de Jesus. Davi é um rei que falhou, mas Jesus é o Rei perfeito. Ele é o Rei que não falha. Ele, Jesus, é o filho que morre pelo seu pecado, que recebe a justiça no seu lugar, para que você ouça, como Davi ouviu, “O SENHOR perdoou o seu pecado”. Não precisa esconder pecados. Não precisa buscar alegria em outro lugar. Que aprendamos a confiar na obra suficiente de Cristo. Que Deus nos abençoe.
Related Media
Related Sermons