Faithlife Sermons

Dádiva Responsabilidades da nova aliança

Cartas ao Hebreus  •  Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 47 views

Privilegio e Responsabilidades na nova Aliança

Notes
Transcript

Introdução

Um voto ou promessa que une dois ou mais participantes. Tais participantes podem pertencer a diversos níveis sociais, em cujo caso em geral a aliança ou pacto estabelece a natureza e os termos de sua relação futura. O conceito de aliança ou pacto aparece repetidamente na Bíblia, na qual o pacto de Deus com Abraão e sua descendência, e “o novo pacto em meu sangue” da eucaristia se destacam entre muitos outros. Algumas vezes, particularmente em tempos antigos, esses diversos pactos de Deus com seu povo recebem o nome de dispensações*. A teologia patrística e medieval frequentemente oferece listas de alianças, por exemplo, com Adão, com Noé, com Abraão e o pacto da graça ou do evangelho, entre outros.

A teologia reformada — seguindo nisso a Zwinglio e Bullinger — tradicionalmente tem destacado a importância da aliança como ação da graça divina. Tal aliança não é um acordo entre partes iguais, mas uma ação mediante a qual o Deus soberano se une livremente às promessas que faz com toda liberdade. A partir dessa perspectiva, os teólogos reformados têm insistido que toda aliança é uma ação da graça de Deus — ainda que se possa distinguir entre a aliança com Adão, que poderia ser descrita como um “pacto de obras”, e a “aliança da graça”, que começa com Abraão.

A discussão do tema da aliança dentro da tradição reformada levou, no século XVII, ao que se tem chamado de “teologia da aliança”, ou também “Teologia Federal”.

Related Media
Related Sermons