Faithlife Sermons

Vencendo a Tentação

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 13 views

Satanás quer nos tirar dos caminho de Deus, quer nos fazer pecar contra Deus, mas a Palavra do Senhor, nos concede as armas para resistir ao maligno.

Notes
Transcript
Sermon Tone Analysis
A
D
F
J
S
Emotion
A
C
T
Language
O
C
E
A
E
Social
View more →

Vencendo a tentação

O pecado é tão ofensivo a Deus, mas tão ofensivo a Deus, que foi necessário que o seu Filho Amado viesse a este mundo, assumisse a forma humana, sofresse, fosse humilhado e finalmente morresse para que os nossos pecados fossem perdoados.
Querido irmão, você tem noção de como o meu pecado, o seu pecado é abominável para Deus e que se não fosse por Jesus Cristo estaríamos condenados? No entanto como pecadores, o que mais fazemos é pecar contra o Senhor, no entanto existe uma diferença entre pecar e viver pecando.
Todos nós falhamos e escorregamos uma vez ou outra, mas pecar deliberadamente contra Deus e Sua Lei, sabendo o que se deve fazer e mesmo assim fazer o oposto, saber qual é o caminho e mesmo assim tomar o caminho oposto é perigoso.
É um caminho que se não retornarmos perderemos a nossa vida e possivelmente levaremos outros após nós.
Sendo assim como lidar com a tentação?
O primeiro ponto é reconhecer como a tentação se apresenta a cada um de nós que buscamos viver em conformidade com a Palavra de Deus.
De uma maneira muito clara as Escrituras nos apresenta 3 meios pelos quais Satanás irá tentar-nos:
Abra sua Bíblia em 1 João 2:15-17

15 Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; 16 porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. 17 Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente.

Tentação através dos desejos da carne - aquilo que satisfaz as minhas necessidades, aquilo que me traz prazer;
Tentação através dos desejos dos olhos - aquilo que é agradável aos olhos, aquilo que eu cobiço;
Tentação através da soberba. Ex. presunção, arrogância, altivez, vaidade, orgulho, jactância etc.
Em alguns destes pontos nós seremos tentados, e algumas pessoas serão tentadas em todos eles, por isso é necessário que nós nos conheçamos muito bem, por que assim pelo menos saberemos o que evitar.
Meu irmão tenha em mente que ...
Satanás quer nos tirar dos caminhos de Deus, quer nos fazer pecar contra Deus, mas a Palavra do Senhor, nos concede as armas para resistir ao maligno.
Abra a sua Bíblia em Mateus 4:1-2

1. As tentações são frutos das nossas próprias paixões (Tiago 1:12-15)

Abra sua Biblia em Tiago 1:12-15

12 Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam. 13 Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta. 14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. 15 Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.

Antes de tomarmos posse da armas de Deus para vencermos a tentação irmãos, é necessário que compreendamos qual é a origem das nossas tentações.
A Palavra de Deus nos demonstra uma série de acontecimentos interligados que terminam com a morte.
Cobiça - um sentimento/interno que é alimentado pelas nossas próprias paixões através do que vemos, ouvimos e sentimos estas são as armas que entregamos a Satanás para ele as usar contra nós;
Atração / Sedução - esta é tentação, Satanás utiliza a nossa cobiça contra nós, criando situações, criando oportunidades para que possamos ser enganados;
Pecado - é a exteriorização daquilo que antes estava dentro de nós;
Morte - o pecado sem arrependimento, sem o perdão que só Jesus pode oferecer nos leva a morte.
Como vencer então a tentação? Cristo é a vitória, mas existe algo que nós podemos e devemos fazer.
Abra a sua Bíblia em Mateus 4:1-2
No contexto desta passagem no Capitulo 3 do Evangelho de Mateus, Jesus Cristo é batizado por João Batista, as margens do Rio Jordão, após ser batizado nos versos 16 e 17 do Capitulo 3 é declarado:

16 Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele. 17 E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

No Capítulo 4 versos de 1 a 3 é narrado:

1 A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. 2 E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. 3 Então, o tentador, aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães.

1. Satanás irá nos tentar com os desejos da carne, para que façamos a nossa vontade em vez da de Deus (Mateus 4:1-4)

O Senhor Jesus acabará de ser batizado, acabará de ser Ungido pelo Espirito Santo para a missão que Ele deveria desempenhar, havia acabado de ouvir a declaração, a confirmação do Pai:
Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.
Então cheio do Espirito Santo, impelido pelo Espirito Santo ele é conduzido para o Deserto da Judeia para se preparar para sua missão, para ser provado no fogo e, para ser tentado pelo diabo.
A palavra tentação pode ter dois sentidos:
Provação - Deus não tenta a ninguém, mas Ele permite que sejamos provado, que enfrentemos as tentações afim de purificar o nosso caráter, como meio de prover crescimento espiritual;
Malícia - no sentido de induzir a fazer algo errado.
Nesta passagem o sentido utilizado é o segundo, Jesus é levado ao deserto para estar a sós com o Pai e o diabo se aproveitou desta situação a palavra diabo em si, significa justamente isso: tentador, acusador, caluniador.
E um fato interessante meus irmãos que nos traz uma compreensão maior do que Jesus enfrentou é conhecermos o local onde Jesus foi tentado, o Rio Jordão onde Jesus foi batizado, desagua no Mar Morto que está a 430 metros abaixo do nível do mar.
Então o Espirito Santo O toma e o leva ao Deserto da Judéia. O Deserto da Judéia é localizado do lado ocidental do Mar Morto.
Com seus montes, colinas e vales no entanto sem abundância de vida, um local árido, estéril, inóspito, foi este o local onde Jesus passou 40 dias e 40 noites sem comer, sem beber, ao qual ao final teve fome.
Jesus ao final destes 40 dias, não somente teve fome, mas estava quase a ponto de morrer. Ele não havia ingerido comida, não havia ingerido bebida e nesta condição extrema de fraqueza o diabo o tentou.
O diabo irá fazer o mesmo comigo e com você meu irmão, irá aproveitar as situações em que nos encontramos fracos, debilitados, situações em que ele pode tirar vantagem para nos tentar, para nos derrubar.
Situações de discórdia no lar, dificuldades no trabalho, no relacionamento, na igreja. São estas situações que ele procura para nos desviar - por isso a importância de orar e vigiar.
O diabo se aproxima, perceba que ele é real, diferente do que ele quer que as pessoas acreditem - que ele não existe, que o que existe é uma energia, é um poder - ele se aproxima de Jesus de maneira real e verdadeira, portanto não se tratava também de uma visão, mas de algo que de fato aconteceu e disse:
Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães.
O diabo esteve presente no batismo de Jesus, ele ouviu a voz do céu que declarou:
Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.
Não há dúvidas! Jesus é o Filho de Deus!
No entanto o tentator quis plantar a semente da dúvida no coração de Jesus.
"- Você é o FIlho de Deus? Olha para o seu estado, olha como você esta sujo, olha sua aparência, está como um moribundo. Será você mesmo Filho de Deus?"
Assim como o tentador, o acusador, plantou a dúvida no coração de Eva no Jardim do Eden levando-a a desconfiar de Deus:
É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?
Almeida Revista e Atualizada. (1993). (). Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil.
O diabo tentava ao Senhor Jesus Cristo e vai tentar a você meu irmão, a desconfiar da Palavra de Deus.
"- És mesmo o Filho de Deus?"
Ele buscava fazer com que Cristo duvidasse de sua filiação divina, dessa mesma maneira ele trabalha hoje no seu engano satânico.
Fazendo com que crentes verdadeiramente convertidos, que creem em Jesus como Salvador, batizados em nome do Pai do Filho e do Espirito Santo, em momento de fraqueza, duvidem de que ainda possam ser chamados de Filho de Deus.
O diabo nos acusa em nossas mentes, tentando-nos a desconfiar de que somos de fato filhos de Deus através do que Jesus Cristo fez por cada um de nós.
Meu irmão, não permita que o diabo continue tentando-o a descrer de que você é filho de Deus. Você é filho de Deus!
Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães.
Que mal haveria depois de 40 dias de jejum, estando a ponto de quase desfalecer transformar pedras em pães? Não seria da vontade de Deus satisfazer a fome do Filho? Prover ao Seu Filho Amado aquilo que Ele necessitava? Alimento.
Será que podemos chamar de tentação o que o diabo estava fazendo? Ele não parece querer ajudar a Jesus? Impedir que Jesus morra de fome.
Como nós nos encontramos depois de 1 dia de jejum? E depois de 3 dias de jejum consecutivos? Jesus ao final dos 40 dias estava a ponto de morrer meus irmãos. Todo o vigor fisico havia deixado-o O Senhor Jesus permanecia vivo pelo poder do Espirito Santo.
Mas não se enganem, a tentação sempre parecerá aos nossos olhos algo bom. Ela nunca vai se apresentar com seu verdadeiro propósito.
Se a tentação fosse algum ruim, ninguém pecaria.
Satanás quer nos tirar dos caminhos de Deus, quer nos fazer pecar contra Deus, mas a Palavra do Senhor, nos concede as armas para resistir ao maligno.

4 Jesus, porém, respondeu: Está escrito:

Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.

O Senhor Jesus responde a tentação lançada por Satanás citando Deuteronômio capitulo 8:3, nós vamos ler também o verso 2 que diz:

2 Recordar-te-ás de todo o caminho pelo qual o SENHOR, teu Deus, te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, para te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias ou não os seus mandamentos. 3 Ele te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conhecias, nem teus pais o conheciam, para te dar a entender que não só de pão viverá o homem, mas de tudo o que procede da boca do SENHOR viverá o homem.

de tudo o que procede da boca do Senhor, viverá o homem.
Meu querido irmão, você realmente acredita que Deus o chamou das trevas em que você se encontrava, para a Sua maravilhosa Luz para o deixar morrer?
Você realmente acredita que o Senhor não sabe o que você precisa?O que você necessita? Deus sabe tudo.
Você realmente acredita que o Senhor não sabe o que você precisa?O que você necessita? Deus sabe tudo.
Mas em primeiro lugar nos compete buscar em primeiro lugar a Deus, sermos obedientes a Ele e Sua vontade, obedientes a Sua Palavra, pois é Ele quem concede toda vida.
O diabo em um movimento ímpeto tentou O Senhor Jesus para que Ele se desligasse da vontade do Pai e fizesse a sua própria vontade. Cedesse a tentação da vontade da carne que era contrária a vontade do Pai.
Quis romper a dependencia de Jesus em Deus e faze-Lo agir por conta própria.
Perceba que o diabo manda:
manda que estas pedras se transformem em pães.
Como nós nos encontramos depois de 1 dia de jejum? E depois de 3 dias de jejum consecutivos? Jesus ao final dos 40 dias estava a ponto de morrer meus irmãos. Já não tinha nenhum o vigor fisico para se manter, O Senhor Jesus permanecia vivo pelo poder do Espirito Santo.
É este mesmo Espirito que nos mantém, nós não iremos nos satisfazer plenamente, atendendo as nossas vontades, os nossos desejos, a nossa fome, a nossa sede com aquilo que este mundo nos oferece.
Somente em Cristo Jesus nosso Senhor é que seremos completamente, plenamente saciados.
O diabo irá nos tentar, ele nos apresentará comida, bebida, trabalho, relacionamentos, toda forma de entretenimento e até mesmo religião como forma de substituir a alegria, a paz, o perdão, o amor e a realização, a vida que somente Deus pode nos dar.
Ele mandará que nós satisfaçamos a vontade de nossa carne, mas a nossa fome e sede em primeiro lugar deve ser de Deus, deve ser de Sua Palavra.
Quis abalar a confiança de Jesus em Deus e faze-Lo agir por conta própria, na sua própria vontade.
Perceba que Satanás manda: manda que estas pedras se transformem em pães.
Satanás quer nos tirar dos caminhos de Deus, quer nos fazer pecar contra Deus, mas a Palavra do Senhor, nos concede as armas para resistir ao maligno.
Quis abalar a confiança de Jesus em Deus e faze-Lo agir por conta própria, na sua própria vontade.
Perceba que Satanás manda: manda que estas pedras se transformem em pães.
Aquele que se alimenta da Palavra de Deus tem a força necessária para vencer a tentação.
Jesus não somente se alimentava da Palavra Deus mas era a própria Palavra encarnada, a Palavra Viva.
No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. - João 1:1 (NVI)
Se você deseja vencer a tentação meu irmão, se alimente com prioridade da Palavra de Deus.
Se submeta completamente a vontade de Deus e você prosperará!
Satanás quer nos tirar dos caminhos de Deus, quer nos fazer pecar contra Deus, mas a Palavra do Senhor, nos concede as armas para resistir ao maligno.

2. Satanás irá nos tentar através da soberba, para colocarmos Deus a prova (Mateus 4:5-7)

Então, o diabo o levou à Cidade Santa, colocou-o sobre o pináculo do templo 6 e lhe disse: Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito:

Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem;

e:

Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra.

Sutilmente Mateus nos revela uma inversão de papéis, a princípio quem conduz Jesus é o Espirito Santo, foi Ele quem o levou ao deserto e daqui em diante é o tentador quem conduz.
Transportou o nosso Senhor para a Cidade Santa, que é Jerusalém, levou ao lugar mais sagrado desta cidade que era onde o templo ficava, O colocou no lugar mais alto.
Transportou O nosso Senhor para a Cidade Santa, que é Jerusalém, levou ao lugar mais sagrado desta cidade que era onde o templo ficava, O colocou no lugar mais alto.
Preparou todo o ambiente e toda a situação para que sua tentação fosse mais forte, mas no entanto ele mesmo não podia atirar nosso Senhor Jesus abaixo, portanto ele manda mais uma vez: atira-te.
O diabo pode usar todas as circunstâncias a seu favor para nos tentar, ele pode usar o ambiente, ele pode usar a família, pode usar o trabalho, até mesmo a igreja, mas ele não pode nos forçar a pecar. Ele não pode nos forçar a nos separarmos de Deus.
Nós só pecaremos se de fato assim o quisermos.
A Palavra de Deus nos dá a promessa de Deus em 1 Corintios 10:13

13 Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.

Mais uma vez o tentador questiona a filiação divina do Senhor Jesus:
"Você foi bem na primeira prova, mas se você é mesmo filho de Deus? Eu duvido você atirar-te abaixo."
Nas entrelinhas de suas palavras o diabo apontava para o filho de Deus que havia sido criado nesta Terra, aquele que saiu das mãos do próprio Criador, aquele a quem este mundo foi confiado.
Mas que por duvidar da Palavra de Deus, entregou todo o domínio deste mundo.
Adão o filho de Deus, foi derrotado pelo diabo.
Em suas palavras, ele demonstrava que também era capaz de derrotar o Senhor Jesus, o Filho de Deus em quem o Pai se alegra - ele já havia derrotado o primeiro e também derrotaria o segundo.
Transportou O nosso Senhor para a Cidade Santa, que é Jerusalém, levou ao lugar mais sagrado desta cidade que era onde o templo ficava, O colocou no lugar mais alto.
Usou as Sagradas Escrituras para tentar O Senhor e disse:

Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito:

Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem;

e:

Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra.

O diabo conhece a Bíblia, sim ou não? Sim.
Só que existe um problema nesta citação que ele faz do Salmo 91:11-12.
Vamos ler o que diz o Salmo 91:11-12

Porque aos seus anjos dará ordens a teu respeito,

para que te guardem em todos os teus caminhos.

12  Eles te sustentarão nas suas mãos,

para não tropeçares nalguma pedra.

Para que te guardem ...
em todos os teus caminhos.
O diabo não cita "em todos os seus caminhos" e ele não o faz, porque aqueles que permanecem no caminho do Senhor, buscando fazer a sua vontade, sendo obediente a Ele, assim como o Senhor Jesus o estava fazendo, a estes O Pai envia os seus anjos para guardarem nos seus caminhos e livra-los dos tropeços.
Nos dias atuais, muitas vezes, nós podemos estar na casa de Deus, ouvindo pessoas que se dizem "porta-vozes" do Senhor que usam trechos da Bíblia, tirados de seu contexto para levar os seus ouvintes ao erro.
Se nós não podemos confiar nas pessoas que sobem aos púlpitos para pregar a Palavra, como estar seguro nestas então? Ter conhecimento da Palavra de Deus, meu irmão, investir tempo estudando-a essa é a única vacina contra as heresias e as opiniões dos homens.
Cristo conhecia a Palavra e sabia que não havia necessidade de colocar a promessa de Deus a prova, não havia motivos para desconfiar, é por isso que Jesus responde com outra passagem das Sagradas Escrituras.
Abra sua Bíblia agora em Deuteronômio 6.16

Também está escrito:

Não tentarás o Senhor, teu Deus.

Também está escrito:
Não tentarás o Senhor, teu Deus.

Não tentarás o SENHOR, teu Deus, como o tentaste em Massá.

1 Tendo partido toda a congregação dos filhos de Israel do deserto de Sim, fazendo suas paradas, segundo o mandamento do SENHOR, acamparam-se em Refidim; e não havia ali água para o povo beber. 2 Contendeu, pois, o povo com Moisés e disse: Dá-nos água para beber. Respondeu-lhes Moisés: Por que contendeis comigo? Por que tentais ao SENHOR? 3 Tendo aí o povo sede de água, murmurou contra Moisés e disse: Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós, a nossos filhos e aos nossos rebanhos? 4 Então, clamou Moisés ao SENHOR: Que farei a este povo? Só lhe resta apedrejar-me. 5 Respondeu o SENHOR a Moisés: Passa adiante do povo e toma contigo alguns dos anciãos de Israel, leva contigo em mão o bordão com que feriste o rio e vai. 6 Eis que estarei ali diante de ti sobre a rocha em Horebe; ferirás a rocha, e dela sairá água, e o povo beberá. Moisés assim o fez na presença dos anciãos de Israel. 7 E chamou o nome daquele lugar Massá e Meribá, por causa da contenda dos filhos de Israel e porque tentaram ao SENHOR, dizendo: Está o SENHOR no meio de nós ou não?

Está o Senhor no meio de nós ou não? Onde está o seu Deus?
Quantas vezes somos tentados a desconfiar do poder de Deus, da promessa de Deus. Quantas vezes nossas orações não são respondidas da maneira que esperavamos, ou no tempo em que esperavámos e somos tentados a desconfiar de Deus.
Meu querido irmão, você realmente acredita que Deus o chamou das trevas em que você se encontrava, para a Sua maravilhosa Luz para o deixar morrer?
Confiar em Deus é crer que mesmo em face das dificuldades, nós podemos continuar confiando na providência de Deus, não há motivos para duvidar.
E somente aqueles que vivem a Palavra de Deus poderão resistir a esta tentação. Se a sua confiança em Deus anda abalada meu irmão, se você já não acredita no que Deus pode fazer na sua vida, eu lhe pergunto e gostaria que você respondesse a si mesmo, do fundo do seu coração você tem passado tempo suficiente na presença de Deus com a palavra dEle?
Verso 8 e 9

3. Satanás irá nos tentar com a cobiça dos olhos, afastando-nos de Deus (Mateus 4:8-11)

8 Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles 9 e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.

Novamente o diabo toma O Senhor Jesus e o leva a um lugar mais alto ainda, perceba que conforme as tentações vão se tornando mais fortes, mais altos são os lugares os quais Satanás conduz o Senhor Jesus.
E desta vez O leva para um monte muito alto - a tradição aponta este monte como sendo o monte Nebo, local onde Deus mostrou a Moisés a terra de Canaã.
O tentador aqui apresenta a Jesus todos os reinos do mundo, com suas riquezas, com o seu poder, com tudo o que existe de belo e maravilhoso, escondendo todo o pecado, toda a podridão, toda a imundície que existe, o tentador apresentou apenas o que havia de melhor e com esta visão lançou a sua última tentação.
Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.
Jesus havia sido conduzido pelo Espirito Santo para se preparar para a missão que Ele tinha que cumprir e essa missão terminaria com a sua morte na cruz.
Jesus deixou as cortes celestiais, para vir a este mundo entregar a sua vida por mim e por você, para entregar a Sua vida por todo este mundo, e depois de 40 dias de jejum a ponto de quase morrer, o que Satanás oferecia agora a Jesus no clímax desta narrativa é exatamente:
"Você não precisa mais lutar, você não precisa continuar sofrendo, tudo isso me foi entregue pelo filho de Deus - o primeiro. Mas eu te entrego, sem mais luta, sem mais sofrimento, se você se prostrar e me adorar.
Pronto! Está resolvido."
O tentador em sua última tentação colocou em jogo a soberania de Deus em todo o Universo. Bastaria que Jesus condescendesse com a vontade do tentador, e o governo de Deus estaria acabado.
Satanás quer nos tirar dos caminhos de Deus, quer nos fazer pecar contra Deus, mas a Palavra do Senhor, nos concede as armas para resistir ao maligno.
O tentador exigiu a adoração do Senhor Jesus, e este respondeu citando Deuteronômio 6:13:

Retira-te, Satanás, porque está escrito:

Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.

Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito:
Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.
Almeida Revista e Atualizada. (1993). (Mt 4:10). Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil.
10 Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito:
Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.
Almeida Revista e Atualizada. (1993). (Mt 4:10). Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil.
Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.
Almeida Revista e Atualizada. (1993). (Mt 4:10). Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil.
Em todas as tentações Satanás se apresentou como anjo de luz, o autor em todo momento o chama de diabo - tentador, acusador.
Mas na última tentação relatada nesta narrativa o seu caráter é revelado: Retira-te Satanás.

10 Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito:

Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.

Em todas as tentações Satanás se apresentou como anjo de luz, o autor em todo momento o chama de diabo - tentador, acusador.
Mas na última tentação relatada nesta narrativa o seu caráter é revelado: Retira-te Satanás.
Satanás nunca irá revelar o seu verdadeiro carater, a sua verdadeira intenção quando buscar nos afastar dos caminhos Deus, cabe a nós estarmos fundamentados na Palavra de Deus para não cairmos na tentação.
Em toda tentação lançada, o Senhor Jesus respondeu com um claro e direto: Está Escrito. O Senhor Jesus nos dá o exemplo quando não dialoga com o tentador, Jesus não dá espaço para a tentação, quando se vê tentado mesmo em sua fraqueza, Ele simplesmente dispara: Está Escrito.
O tentador em sua última tenttiva colocou em jogo a soberania de Deus em todo o Universo. Bastaria que Jesus condescendesse com a vontade de Satanás, e o governo de Deus estaria arruinado.
Jesus deu prova diante de todo o Universo que aonde Adão caiu, era possível sim se manter fiel e obediente a Deus. As acusações de Satanás de que é impossível cumprir a Lei de Deus, ser obediente a Palavra de Deus caíram por Terra.
Todo o Céu exultou com a vitória de Cristo, os anjos se regozijaram ao ver o seu Comandante humilhando os principados e potestades.

11 Com isto, o deixou o diabo, e eis que vieram anjos e o serviram.

Todo o filho de Deus, mesmo que em situação de fraqueza extrema, de tentação extrema tem a seu favor todo o exército de anjos dos Céus.
Se nós firmemente resistirmos a tentação, se for necessário, Deus enviará todos os seus anjos para nos amparar, para nos auxiliar.
Meu irmão, olhe para mim, não há razão, motivo, ou desculpa para pecar!
Não há desculpas para continuar pecando!
Se preciso for nosso Pai que está no Céu enviará todos os seus anjos para que você resista ao diabo.
Você deseja vencer a tentação que tem assombrado seus pensamentos? Deseja vencer este hábito pecaminoso que tem separado você da comunhão com Deus?
A vitória que Cristo obteve pode ser nossa hoje, se assim o quisermos.
Mesmo que Satanás nos tente com todas as maravilhas, benefícios e riquezas que este mundo pode nos oferecer, nós podemos responder com segurança:

36 Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?

Mesmo que ele busque desviar a nossa adoração que só é devida ao Deus verdadeiro, nós podemos responder:

24 Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.

Você deseja vencer a tentação que tem assombrado seus pensamentos? Deseja vencer este hábito pecaminoso que tem separado você da comunhão com Deus?
Você deseja vencer a tentação que tem assombrado seus pensamentos? Deseja vencer este hábito pecaminoso que tem separado você da comunhão com Deus?
Se entregue completamente ao Senhor Jesus e tome posse da Sua Palavra. Ele venceu no deserto da tentação e pelos méritos dEle nós podemos vencer hoje também!
Conheça a Palavra de Deus, entenda, estude-a mas acima de tudo siga o exemplo do Senhor Jesus, viva a Palavra de Deus, submeta-se ao Senhor resista ao diabo e ele se apartará de vós.
Amém.
Related Media
Related Sermons